Redefinindo as fronteiras do pós-colonial. o feminismo cigano noséculo xxi Reportar como inadecuado




Redefinindo as fronteiras do pós-colonial. o feminismo cigano noséculo xxi - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Revista Estudos Feministas 2017, 25 (1)

Autor: Caterina Alessandra Rea

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Revista Estudos Feministas ISSN: 0104-026X ref@cfh.ufsc.br Universidade Federal de Santa Catarina Brasil Rea, Caterina Alessandra Redefinindo as fronteiras do pós-colonial.
O feminismo cigano noséculo XXI Revista Estudos Feministas, vol.
25, núm.
1, enero-abril, 2017, pp.
31-50 Universidade Federal de Santa Catarina Santa Catarina, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=38149070003 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto http:--dx.doi.org-10.1590-1806-9584.2017v25n1p31 Caterina Alessandra Rea Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, Bahia, BA, Brasil Redefinindo as fronteiras do póscolonial.
O feminismo cigano no século XXI Resumo: Este texto pretende apresentar o fenômeno do feminismo romani (cigano) que, a partir do começo do século XXI, está se desenvolvendo em vários países europeus e das Américas com a intenção de empoderar as mulheres ciganas no seio das comunidades e da sociedade majoritária.
Desenvolvendo uma perspectiva interseccional em termos de gênero, raça e classe, as autoras ciganas, ativistas e acadêmicas, se colocam em diálogo com as correntes feministas pós-coloniais, em particular, com o feminismo negro e chicano norteamericanos.
Nesta ótica, o feminismo romani propõe uma redefinição das fronteiras do póscolonial, enfatizando novos espaços de subalternidade e de luta, e atravessando territórios geográficos-simbólicos que costumamos pensar como centrais e hegemônicos. Palavras-chave: feminismo romani; gênero; interseccionalidade; raça; pós-colonial Introdução Esta obra está sob licença Creative Commons. No outono de 2012, a revista feminista norte-americana Signs Journal of Women in Culture and Society public...





Documentos relacionados