índice de sítio para pinus elliottii engelm, em trê s unidades de mapeamento de solo, nas regiões da serra do sudeste e litoral, no estado do rio grande do sul, brasil Reportar como inadecuado




índice de sítio para pinus elliottii engelm, em trê s unidades de mapeamento de solo, nas regiões da serra do sudeste e litoral, no estado do rio grande do sul, brasil - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

César Augusto Finger Guimarães ; Paulo Renato Schneider ; Peter Spathelf ;Ciência Florestal 2002, 12 (2)

Autor: Helio Tonini

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Ciência Florestal ISSN: 0103-9954 cf@ccr.ufsm.br Universidade Federal de Santa Maria Brasil Tonini, Helio; Finger Guimarães, César Augusto; Schneider, Paulo Renato; Spathelf, Peter Índice de sítio para Pinus elliottii Engelm, em trê s unidades de mapeamento de solo, nas regiões da Serra do Sudeste e Litoral, no estado do Rio Grande do Sul, Brasil Ciência Florestal, vol.
12, núm.
2, dezembro, 2002, pp.
61-73 Universidade Federal de Santa Maria Santa Maria, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=53412207 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Ciê ncia Florestal, Santa Maria, v.
12, n.
2, p.
61-73 61 ISSN 0103-9954 Í NDICE DE SÍ TIO PARA Pinus elliottii Engelm, EM TRÊ S UNIDADES DE MAPEAMENTO DE SOLO, NAS REGIÕES DA SERRA DO SUDESTE E LITORAL, NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, BRASIL SITE INDEX FOR Pinus elliottii Engelm, IN THREE SOIL MAPPING UNITS IN THE SOUTHEASTERN MOUNTAIN RANGE AND COASTAL PLAIN AT RIO GRANDE DO SUL, BRAZIL Helio Tonini1 Cé sar Augusto Guimarã es Finger2 Paulo Renato Schneider 3 Peter Spathelf 4 RESUMO Realizou-se um estudo do crescimento em altura dominante de Pinus elliottii em povoamentos com idades entre 18 e 21 anos, localizados em trê s Unidades de Mapeamento de Solo, em quatro municípios, nas unidades de relevo Serra do Sudeste e Planície Gaú cha, no estado do Rio Grande do Sul.
Os pares de dados altura e idade, oriundos de análise de tronco, foram ajustados pelo modelo de Richards.
A construçã o de curvas de índice de sítio para cada local, indicou que a tendê ncia de crescimento entre os locais estudados foi semelhante, o que permitiu o seu agrupamento e a geraçã o de um ú nico conjunto de 9 curvas monomórficas para os índices de sítio de ...





Documentos relacionados