Produção de compensados de pinus taeda l. e pinus oocarpa schiede com diferentes formulações de adesivo uréia formaldeído Reportar como inadecuado




Produção de compensados de pinus taeda l. e pinus oocarpa schiede com diferentes formulações de adesivo uréia formaldeído - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

José de Silva Castro ; José Reinaldo Silva Moreira da ; Carlos Roberto Alves ; Carlos Augusto Puehringer ;Revista Árvore 2002, 26 (3)

Autor: Setsuo Iwakiri

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Revista Árvore ISSN: 0100-6762 r.arvore@ufv.br Universidade Federal de Viçosa Brasil Iwakiri, Setsuo; Silva Castro, José de; Silva Moreira da, José Reinaldo; Alves, Carlos Roberto; Puehringer, Carlos Augusto Produção de compensados de Pinus taeda L.
E Pinus oocarpa Schiede com diferentes formulações de adesivo uréia formaldeído Revista Árvore, vol.
26, núm.
3, maio-junho, 2002, pp.
371-375 Universidade Federal de Viçosa Viçosa, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=48826313 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 371 Produção de Compensados de Pinus taeda L.
e . PRODUÇÃO DE COMPENSADOS DE Pinus taeda L.
E Pinus oocarpa Schiede COM DIFERENTES FORMULAÇÕES DE ADESIVO URÉIA FORMALDEÍDO1 Setsuo Iwakiri2, José de Castro Silva3, José Reinaldo Moreira da Silva3, Carlos Roberto Alves3 e Carlos Augusto Puehringer 4 RESUMO - Este trabalho teve como objetivo avaliar a qualidade de painéis compensados de Pinus taeda e de Pinus oocarpa, com 20 e 24 anos de idade, respectivamente, utilizando três diferentes formulações de adesivo uréia-formaldeído.
Foram produzidos 18 painéis, com três repetições por tratamento.
As formulações com maior proporção relativa de resina não influenciaram de forma conclusiva as propriedades físico-mecânicas dos painéis. Os painéis de P.
oocarpa apresentaram valores médios de resistência da linha de cola, módulos de elasticidade e de ruptura superiores àqueles dos painéis de P.
taeda.
Os resultados das propriedades físico-mecânicas dos painéis indicaram grande potencial de utilização de lâminas de P.
oocarpa para produção de compensados. Palavras-chave: Pinus, painéis compensados e uréia-formaldeído. PLYWOOD MANUFACTURING...





Documentos relacionados