Capelato, maria helena r. multidões em cena: propagandapolítica no varguismo e no peronismo. campinas, são paulo: papirus,1998 Reportar como inadecuado




Capelato, maria helena r. multidões em cena: propagandapolítica no varguismo e no peronismo. campinas, são paulo: papirus,1998 - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Diálogos Latinoamericanos 2000, (1)

Autor: Élio Serpa

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Diálogos Latinoamericanos ISSN: 1600-0110 au@au.dk Aarhus Universitet Dinamarca Serpa, Élio CAPELATO, Maria Helena R.
Multidões em cena: propagandapolítica no varguismo e no peronismo. Campinas, São Paulo: Papirus,1998 Diálogos Latinoamericanos, núm.
1, 2000, pp.
136-137 Aarhus Universitet Aarhus, Dinamarca Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=16200110 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Diálogos Latinoamericanos CAPELATO, Maria Helena R.
Multidões em cena: propaganda política no varguismo e no peronismo.
Campinas, São Paulo: Papirus, 1998. Élio Serpa1 Maria Helena R.
Capelato, historiadora, fez um trabalho instigante de história comparada, abordando “a propaganda política construída e divulgada no Estado Novo brasileiro (1937) e na política peronista (19451955)”.
A autora vai ao passado não com o desejo de resgatá-lo tal como aconteceu, mas sua motivação para fazer a pesquisa foi resultante da percepção de incursões no passado feitas no momento muito específico da história dos dois países em estudo.
Do lado brasileiro, a mídia veiculava através de toda uma engenharia política a propaganda eleitoral de Fernando Collor de Mello (1989) e no argentino havia ocorrido a eleição de Carlos Menem (1988).
Maria Helena observou a utilização de forma reelaborada de símbolos, imagens e mitos das políticas varguista e peronista por estes presidenciáveis e, isto, a fez perscrutar as especificidades das práticas de propaganda política pelo varguismo e peronismo. Bronislaw Baczko refletindo sobre o significado do trabalho do imaginário na política afirma que “o controle do imaginário social, da sua reprodução, difusão e manejo, assegura em graus varáveis uma real ...





Documentos relacionados