Desenvolvimento inicial do questionário de prontidão para a imprevisibilidade na carreira Reportar como inadecuado




Desenvolvimento inicial do questionário de prontidão para a imprevisibilidade na carreira - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Isabel Nunes Janeiro ;Revista Brasileira de Orientação Profissional 2015, 16 1

Autor: João Soares

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Revista Brasileira de Orientação Profissional E-ISSN: 1984-7270 lucileal@ffclrp.usp.br Associação Brasileira de Orientação Profissional Brasil Soares, João; Nunes Janeiro, Isabel Desenvolvimento Inicial do Questionário de Prontidão para a Imprevisibilidade na Carreira Revista Brasileira de Orientação Profissional, vol.
16, núm.
1, enero-junio, 2015, pp.
5970 Associação Brasileira de Orientação Profissional São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=203041069007 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Revista Brasileira de Orientação Profissional jan.-jun.
2015, Vol.
16, No.
1, 59-70 Artigo Desenvolvimento Inicial do Questionário de Prontidão para a Imprevisibilidade na Carreira João Soares1 Isabel Nunes Janeiro Universidade de Lisboa, Lisboa, Portugal Resumo Este artigo apresenta uma proposta de um novo questionário para avaliação vocacional, que pretende integrar alguns construtos da teoria Planned Happenstance e da teoria do Caos das Carreiras: a disposição para explorar o imprevisto e aproveitar as oportunidades do acaso, a não-linearidade, os atractores, a confiança nas competências e o otimismo.
Participaram no estudo 226 adultos com idades compreendidas entre os 18 e os 63 anos.
A análise das características psicométricas permitiu reter 25 itens e identificar uma estrutura composta por quatro subescalas. Obtiveram-se índices de precisão promissores e correlações moderadas a fortes com outras medidas da exploração e curiosidade, que atestam a validade de constructo.
Discutem-se as potencialidades, as limitações e as implicações deste instrumento para o aconselhamento vocacional. Palavras-chave: Teoria do caos, Aconselhamento de Carreira, Ori...





Documentos relacionados