Características sociocognitivas de estudantes com dotação e talento: estudo comparativo Reportar como inadecuado




Características sociocognitivas de estudantes com dotação e talento: estudo comparativo - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Altemir José Gonçalves Barbosa ;Revista Brasileira de Orientação Profissional 2015, 16 1

Autor: Karen Cristina Alves Lamas

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Revista Brasileira de Orientação Profissional E-ISSN: 1984-7270 lucileal@ffclrp.usp.br Associação Brasileira de Orientação Profissional Brasil Alves Lamas, Karen Cristina; Gonçalves Barbosa, Altemir José Características Sociocognitivas de Estudantes com Dotação e Talento: Estudo Comparativo Revista Brasileira de Orientação Profissional, vol.
16, núm.
1, enero-junio, 2015, pp.
3548 Associação Brasileira de Orientação Profissional São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=203041069005 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Revista Brasileira de Orientação Profissional jan.-jun.
2015, Vol.
16, No.
1, 35-48 Artigo Características Sociocognitivas de Estudantes com Dotação e Talento: Estudo Comparativo1 Karen Cristina Alves Lamas2 Universidade Salgado de Oliveira, Juiz de Fora-MG, Brasil Altemir José Gonçalves Barbosa3 Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora-MG, Brasil Resumo O objetivo do estudo foi comparar fatores pessoais e contextuais e experiências de aprendizagem que podem contribuir para a escolha profissional entre estudantes com e sem características de dotação e talento (D&T). Participaram 275 estudantes de Ensino Médio que responderam a um questionário e a instrumentos de interesses, expectativas de resultado-valores e autoeficácia ocupacional e para escolha profissional.
Os identificados com D&T (9,1%) apresentaram níveis mais elevados em algumas dimensões dessas variáveis.
Porém, ao analisar cada série escolar, os grupos foram equivalentes no terceiro ano para as duas primeiras variáveis e no primeiro ano, na escala de valores.
Conclui-se que os alunos com D&T precisam de orientação profissional tanto quanto seus pares. Palav...





Documentos relacionados