Uso de antagonistas e produtos alternativos no manejo pós-colheita de podridão mole em pimentão Reportar como inadecuado




Uso de antagonistas e produtos alternativos no manejo pós-colheita de podridão mole em pimentão - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Francisco Conrado Queiroz Carvalho ; Jéssica Rodrigues da Silva ; Severina Rodrigues de Oliveira Lins ; Sônia Maria Alves de Oliveira ;Revista Ciência Agronômica 2014, 45 4

Autor: Matheus Silva e Silva

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Revista Ciência Agronômica ISSN: 0045-6888 ccarev@ufc.br Universidade Federal do Ceará Brasil Silva e Silva, Matheus; Queiroz Carvalho, Francisco Conrado; Rodrigues da Silva, Jéssica; Rodrigues de Oliveira Lins, Severina; Alves de Oliveira, Sônia Maria Uso de antagonistas e produtos alternativos no manejo pós-colheita de podridão mole em pimentão Revista Ciência Agronômica, vol.
45, núm.
4, octubre-diciembre, 2014, pp.
718-725 Universidade Federal do Ceará Ceará, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=195331351009 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Revista Ciência Agronômica, v.
45, n.
4, p.
718-725, out-dez, 2014 Centro de Ciências Agrárias - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, CE www.ccarevista.ufc.br Artigo Científico ISSN 1806-6690 Uso de antagonistas e produtos alternativos no manejo pós-colheita de podridão mole em pimentão1 Use of antagonists and alternative products to manage post-harvest soft rot in pepper Matheus Silva e Silva2, Francisco Conrado Queiroz Carvalho2, Jéssica Rodrigues da Silva2, Severina Rodrigues de Oliveira Lins2 e Sônia Maria Alves de Oliveira3* RESUMO - Visando o controle da podridão mole causada por Pectobacterium carotovorum subsp.
carotovorum (Pcc) em pimentão, foram avaliados 10 tratamentos: Bacillus spp.: isolado C116 (B.
pumilus); Leveduras: isolados Lma (Rhodotorula aurantiaca) e Lms (R.
glutinis); Fosfito de potássio e cálcio; Fontes de cálcio: CaCl2, Ca(CO3) 2 e Ca(SO 4)2; fungicida-bactericida orgânico Antica ®; antibiótico Kasumin®.
Após a determinação da concentração dos antagonistas e produtos alternativos pelo teste do antibiograma, foi realizado o teste in vivo, pela inoculação do patógeno, seis horas...





Documentos relacionados