Análise da acessibilidade a hospitais: estudo de caso para as cidades de são carlos sp e rio claro sp Reportar como inadecuado




Análise da acessibilidade a hospitais: estudo de caso para as cidades de são carlos sp e rio claro sp - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Archimedes Azevedo Raia Jr. ;urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana 2015, 7 1

Autor: Patrícia Baldini de Medeiros Garcia

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



urbe.
Revista Brasileira de Gestão Urbana ISSN: 2175-3369 urbe@pucpr.br Pontifícia Universidade Católica do Paraná Brasil Baldini de Medeiros Garcia, Patrícia; Azevedo Raia Jr., Archimedes Análise da acessibilidade a hospitais: Estudo de caso para as cidades de São Carlos (SP) e Rio Claro (SP) urbe.
Revista Brasileira de Gestão Urbana, vol.
7, núm.
1, enero-abril, 2015, pp.
21-47 Pontifícia Universidade Católica do Paraná Paraná, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=193135340003 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto A comparative analysis of hospital accessibility: A study case in the municipalities of Rio Claro and Sao Carlos Patrícia Baldini de Medeiros Garcia, Archimedes Azevedo Raia Jr. Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), São Carlos, SP, Brasil Resumo Os hospitais podem causar impactos signiicativos nos seus arredores e também nos sistemas de transporte da região que estão inseridos, caracterizando-os como potenciais Polos Geradores de Viagens (PGV).
Nesse sentido, este artigo aborda a acessibilidade a um hospital do tipo “Santa Casa”, com análise feita considerando-se os três modos de viagem: a pé, automóvel e transporte público coletivo (ônibus) nas cidades de Rio Claro-SP e São Carlos-SP.
O método proposto baseia-se em indicadores (tempo) para se medir essa acessibilidade fazendo-se o uso de SIGs.
Dados do Censo 2000 do IBGE foram utilizados para estimativas das faixas de rendimento médio de setores censitários.
Pesquisa com usuários dos hospitais foram realizadas para caracterização dos peris desses usuários e localização da origem das viagens.
Com isso, realizou-se uma análise comparativa entre a acessibilidade, segundo as faixas...





Documentos relacionados