Efeito residual da escória de siderurgia como corretivo de acidez do solo na soqueira de cana-de-açúcar Reportar como inadecuado




Efeito residual da escória de siderurgia como corretivo de acidez do solo na soqueira de cana-de-açúcar - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

F. M. Fernandes ; W. Natale ;Revista Brasileira de Ciência do Solo 2003, 27 2

Autor: R. M. Prado

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Revista Brasileira de Ciência do Solo ISSN: 0100-0683 revista@sbcs.org.br Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Brasil Prado, R.
M.; Fernandes, F.
M.; Natale, W. Efeito residual da escória de siderurgia como corretivo de acidez do solo na soqueira de cana-deaçúcar Revista Brasileira de Ciência do Solo, vol.
27, núm.
2, abril, 2003, pp.
287-296 Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Viçosa, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=180218485009 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto EFEITO RESIDUAL DA ESCÓRIA DE SIDERURGIA COMO CORRETIVO DE ACIDEZ. 287 EFEITO RESIDUAL DA ESCÓRIA DE SIDERURGIA COMO CORRETIVO DE ACIDEZ DO SOLO NA SOQUEIRA DE CANA-DE-AÇÚCAR(1) R.
M.
PRADO(2), F.
M.
FERNANDES(3) & W.
NATALE(4) RESUMO A escória de siderurgia, como material corretivo e efeito residual prolongado, pode beneficiar culturas de ciclo longo, a exemplo da cana-de-açúcar, minimizando a queda de produção ao longo do ciclo produtivo.
Este trabalho objetivou avaliar diferentes níveis de saturação por bases, utilizando, como corretivo do solo, a escória de siderurgia, comparando-a com calcário calcítico, nas alterações de alguns atributos químicos do solo, bem como na resposta da soqueira da cana-de-açúcar.
Para isto, realizou-se um experimento com a variedade SP 80-1842, durante o terceiro e o quarto corte, nos anos agrícolas 2000-01 e 2001-02.
Os tratamentos, dispostos em blocos casualizados, em esquema fatorial com quatro repetições, constaram de duas fontes de corretivos, calcário calcítico e escória de siderurgia, e quatro níveis de correção, estimados pelo método da saturação por bases (V %): testemunha (sem correção) e com correção para V % de 50; 75 e 100, t...





Documentos relacionados