Alterações químicas temporais nas faixas de adubação e entrelinhas do pomar, nutrição e produção de laranja após calagem superficial Reportar como inadecuado




Alterações químicas temporais nas faixas de adubação e entrelinhas do pomar, nutrição e produção de laranja após calagem superficial - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Pedro Antonio Martins Auler ;Revista Brasileira de Ciência do Solo 2008, 32 2

Autor: Jonez Fidalski

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Revista Brasileira de Ciência do Solo ISSN: 0100-0683 revista@sbcs.org.br Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Brasil Fidalski, Jonez; Martins Auler, Pedro Antonio ALTERAÇÕES QUÍMICAS TEMPORAIS NAS FAIXAS DE ADUBAÇÃO E ENTRELINHAS DO POMAR, NUTRIÇÃO E PRODUÇÃO DE LARANJA APÓS CALAGEM SUPERFICIAL Revista Brasileira de Ciência do Solo, vol.
32, núm.
2, 2008, pp.
689-696 Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Viçosa, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=180214228023 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto ALTERAÇÕES QUÍMICAS TEMPORAIS NAS FAIXAS DE ADUBAÇÃO E ENTRELINHAS. 689 ALTERAÇÕES QUÍMICAS TEMPORAIS NAS FAIXAS DE ADUBAÇÃO E ENTRELINHAS DO POMAR, NUTRIÇÃO E PRODUÇÃO DE LARANJA APÓS CALAGEM SUPERFICIAL(1) Jonez Fidalski(2) & Pedro Antonio Martins Auler(2) RESUMO Apesar das diferenças químicas entre as faixas de adubação e entrelinhas de pomares de laranjeiras, o critério para a calagem superficial entre esses dois locais ainda é desconhecido.
O objetivo deste estudo foi quantificar as alterações químicas temporais nas faixas de adubação e entrelinhas, nutrição e produção de laranja “Pêra” após calagens superficiais, em um Argissolo Vermelho distrófico latossólico, no noroeste do Paraná.
Quatro calagens superficiais foram realizadas entre 1996 e 1999 para elevar a saturação por bases a 70 %, a partir da primeira colheita de frutos de laranja.
Os calcários dolomítico e calcítico foram distribuídos sobre seis sistemas de manejo de plantas de cobertura permanente nas entrelinhas e nas faixas de adubação, as quais foram manejadas com roçadas mecânicas e herbicida pós-emergente, respectivamente.
No período de 1996 a 2004 foram...





Documentos relacionados