Relação entre óxidos de ferro e de manganês e a sorção de fósforo em solos no rio grande do sul Reportar como inadecuado




Relação entre óxidos de ferro e de manganês e a sorção de fósforo em solos no rio grande do sul - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Egon José Meurer ; Leandro Bortolon ; Daiana Ribeiro Nunes Gonçalves ;Revista Brasileira de Ciência do Solo 2011, 35 5

Autor: Gustavo Kruger Gonçalves

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Revista Brasileira de Ciência do Solo ISSN: 0100-0683 revista@sbcs.org.br Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Brasil Gonçalves, Gustavo Kruger; Meurer, Egon José; Bortolon, Leandro; Ribeiro Nunes Gonçalves, Daiana RELAÇÃO ENTRE ÓXIDOS DE FERRO E DE MANGANÊS E A SORÇÃO DE FÓSFORO EM SOLOS NO RIO GRANDE DO SUL Revista Brasileira de Ciência do Solo, vol.
35, núm.
5, 2011, pp.
1633-1639 Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Viçosa, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=180221126017 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto RELAÇÃO ENTRE ÓXIDOS DE FERRO E DE MANGANÊS E A SORÇÃO DE FÓSFORO EM SOLOS. 1633 RELAÇÃO ENTRE ÓXIDOS DE FERRO E DE MANGANÊS E A SORÇÃO DE FÓSFORO EM SOLOS NO RIO GRANDE DO SUL(1) Gustavo Kruger Gonçalves(2), Egon José Meurer(3), Leandro Bortolon(4) & Daiana Ribeiro Nunes Gonçalves(5) RESUMO Os solos utilizados para a cultura de arroz irrigado por alagamento no Estado do Rio Grande do Sul são oriundos de diferentes materiais de origem e estão sujeitos às variações temporais das condições de oxidação e redução.
Essas condições contribuem para as variações nos teores totais e na crista-linidade de óxidos de Fe e de Mn, as quais estão relacionadas aos processos de sorção e dessorção, afetando a disponibilidade de P para a cultura de arroz irrigado.
Com o objetivo de verificar a sorção de P e a sua disponibilidade para o arroz em solos oriundos de diferentes materiais de origem, foram desenvolvidos dois estudos: o primeiro para determinar os teores totais de Fe e de Mn e a capacidade máxima de adsorção de P (CMAP) pelas isotermas de Langmuir; além disso, foram associados a CMAP e os teores totais de Fe e de Mn, na razã...





Documentos relacionados