A grande saúde: uma introdução à medicina do corpo sem órgãos Reportar como inadecuado




A grande saúde: uma introdução à medicina do corpo sem órgãos - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

InterfaceComunicação, Saúde, Educação 2004, 8 14

Autor: Ricardo Rodrigues Teixeira

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Interface - Comunicação, Saúde, Educação ISSN: 1414-3283 intface@fmb.unesp.br Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Brasil Rodrigues Teixeira, Ricardo A Grande Saúde: uma introdução à medicina do Corpo sem Órgãos Interface - Comunicação, Saúde, Educação, vol.
8, núm.
14, febrero-septiembre, 2004, pp.
35-72 Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=180114099004 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto A Grande Saúde: uma introdução à medicina do Corpo sem Órgãos Ricardo Rodrigues Teixeira 1 TEIXEIRA, R.
R.
The Great Health: an introduction to the Body without Organs medicine, Interface – Comunic., Saude, Educ., v.8, n.14, p.35-72, set.2003-fev.2004. Availing oneself of Spinoza’s Ethics as a starting point and especially of the interpretation of his philosophy according to Deleuze & Guattari, we propose the frame of reference of Grand Health and outline what medicine based on this idea might consist of.
Another concept proposed is that of the Body With No Organs, conceived to deal with the plane on which Grand Health is experienced: the plane of intensities experienced as an ongoing fluctuation of powers, appetites and desires.
This Deleuzian interpretation of Spinoza allows us to glimpse the basis for a hypothetical Spinozistic medicine, with its Physiology of the Body With No Organs, its “pathology”, understood herein as Affectology, its “science of signals and symptoms” or Semiotics and what might be its “therapeutics”, governed by the ideal of Grand Health. KEY WORDS: Health; Philosophy; Ethics. Partindo da Ética de Espinosa e, especialmente, das leituras de sua filosofia p...





Documentos relacionados