A fenomenologia e o -sentido- de biblioteca escolar para o ser-aluno: ensaio de proposta de investigação Report as inadecuate




A fenomenologia e o -sentido- de biblioteca escolar para o ser-aluno: ensaio de proposta de investigação - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Revista Interamericana de Bibliotecología 2013, 36 3

Author: Eliane Fioravante Garcez

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Revista Interamericana de Bibliotecología ISSN: 0120-0976 revinbi@bibliotecologia.udea.edu.co Universidad de Antioquia Colombia Fioravante Garcez, Eliane A fenomenologia e o “sentido” de biblioteca escolar para o ser-aluno: ensaio de proposta de investigação Revista Interamericana de Bibliotecología, vol.
36, núm.
3, septiembre-diciembre, 2013, pp.
197-205 Universidad de Antioquia Medellín, Colombia Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=179029141005 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto A fenomenologia e o “sentido” de biblioteca escolar para o ser-aluno: ensaio de proposta de investigação1 Resumo O artigo é fruto de ensaio apresentado na disciplina Epistemologia da Ciência da Informação, oferecida aos doutorandos do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Santa Catarina – PGCIN-UFSC, em 2013-1. O texto discorre sobre proposta de investigação cujo objetivo é conhecer qual o “sentido” de biblioteca escolar para os alunos da educação básica inseridos em escolas vinculadas ao governo de Santa Catarina, estado situado na região sul de Brasil.
O ancoradouro epistemológico e metodológico escolhido para acolher a investigação é o fenomenológico.
A partir desse fundamento são tecidas considerações de cunho conceitual, uma parte da história da fenomenologia, destacando Edmund Husserl e alguns de seus seguidores como Max Weber, Alfred Schutz, Thomas Luckmann. Também apresenta as razões de eleger a fenomenologia – doutrina e método, como a que melhor ampara a investigação proposta, além de discorrer sobre o objeto de estudo, a biblioteca escolar, e as redes humanas, intra e extraescolar, que interferem nesse ambiente d...





Related documents