Influência da estimulação sensório-motora-oral em recém-nascidos pré-termo Reportar como inadecuado




Influência da estimulação sensório-motora-oral em recém-nascidos pré-termo - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Aneline Maria Ruedell ; Ângela Regina Maciel Weinmann ; Márcia Keske-Soares ;Revista CEFAC 2011, 13 4

Autor: Patricia Pereira Costa

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Revista CEFAC ISSN: 1516-1846 revistacefac@cefac.br Instituto Cefac Brasil Pereira Costa, Patricia; Ruedell, Aneline Maria; Maciel Weinmann, Ângela Regina; Keske-Soares, Márcia Influência da estimulação sensório-motora-oral em recém-nascidos pré-termo Revista CEFAC, vol.
13, núm.
4, julio-agosto, 2011, pp.
599-606 Instituto Cefac São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=169319494008 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 599 INFLUÊNCIA DA ESTIMULAÇÃO SENSÓRIO-MOTORA-ORAL EM RECÉM-NASCIDOS PRÉ-TERMO Influence of sensory-motor-oral stimulation on preterm newborns Patricia Pereira Costa (1), Aneline Maria Ruedell (2), Ângela Regina Maciel Weinmann (3), Márcia Keske-Soares (4) RESUMO Objetivo: verificar a influência da estimulação sensório-motora-oral em recém-nascidos pré-termo. Método: a amostra constou de 28 recém-nascidos pré-termo internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de um Hospital Universitário.
Os sujeitos foram alocados em dois grupos, o estimulado e o controle.
O grupo estimulado recebeu estimulação sensório-motora-oral duas vezes por dia.
Realizaram-se duas avaliações, mensurando frequência respiratória e cardíaca, taxa de transferência, tempo de transição entre sonda e via oral plena, bem como incremento de peso.
Os resultados foram analisados por meio do software STATA (10), comparando-se os grupos com o Teste T Student independente (p 0,05).
Resultados: não foram encontradas diferenças estatisticamente significantes entre os grupos.
Conclusão: não houve influência do programa de estimulação sensório-motoraoral sobre os parâmetros avaliados. DESCRITORES: Recém-nascido; Prematuro; Cuidado do Lactente; Comportamento d...





Documentos relacionados