Notícias Reportar como inadecuado




Notícias - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Tempo 2010, 14 28

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Tempo ISSN: 1413-7704 secretaria.tempo@historia.uff.br Universidade Federal Fluminense Brasil Notícias Tempo, vol.
14, núm.
28, enero-junio, 2010, pp.
247-269 Universidade Federal Fluminense Niterói, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=167013403012 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 28 • Tempo Notícias Esta seção destina-se a divulgar as teses e as dissertações dos alunos do Programa de Pós-graduação em História, da UFF, assim como as teses dos professores do Departamento. A Athenas Equinocial: A fundação de um Maranhão no Império brasileiro Jose Henrique de Paula Borralho Defesa: 08-01-2009 – Doutorado Banca: Magali Gouveia Engel (orientadora), Matthias Wolfram Orhan Röhrig Assunção (University of Essex), Ilmar Rohloff de Mattos (PUC- RJ), Théo Lobarinhas Piñeiro (UFF), Adriana Facina Gurgel do Amaral (UFF) Após o rompimento político com a antiga metrópole (Portugal) em 1822, no Brasil começavam a se desenhar projetos da nação pautados na coesão dos setores dominantes com o fito da manutenção dos estatutos da escravidão, dos interesses das frações das classes dirigentes, nos privilégios e na perpetuação da estrutura política que beneficiava determinados grupos existentes antes do rompimento.
No Maranhão, a ligação com a antiga metrópole foi um empecilho, a principio, para a nova configuração política que se desenhava no Brasil, acrescentada da desconfiança do centralismo burocrático, capitaneado pelo Rio de Janeiro, fazendo com que a incorporação do Maranhão ao império só acontecesse em 28 de julho de 1823, sendo a penúltima província a “aderir” à independência brasileira, só superada pelo Pará.
Uma vez rompidos os laços c...





Documentos relacionados