Vínculos profissionais em hospitais de pequeno porte brasileiros Reportar como inadecuado




Vínculos profissionais em hospitais de pequeno porte brasileiros - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

RAERevista de Administração de Empresas 2017, 57 2

Autor: ALLAN CLAUDIUS QUEIROZ

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



RAE - Revista de Administração de Empresas ISSN: 0034-7590 rae@fgv.br Fundação Getulio Vargas Brasil QUEIROZ, ALLAN CLAUDIUS VÍNCULOS PROFISSIONAIS EM HOSPITAIS DE PEQUENO PORTE BRASILEIROS RAE - Revista de Administração de Empresas, vol.
57, núm.
2, marzo-abril, 2017, pp.
178 -195 Fundação Getulio Vargas São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=155150417006 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 178 RAE-Revista de Administração de Empresas | FGV EAESP ARTIGOS Submetido 13.07.2016.
Aprovado 10.11.2016 Avaliado pelo processo de double blind review.
Editora Científica: Ana Maria Malik DOI: http:--dx.doi.org-10.1590-S0034-759020170207 VÍNCULOS PROFISSIONAIS EM HOSPITAIS DE PEQUENO PORTE BRASILEIROS Work and employment relations in small Brazilian hospitals Vínculos profesionales en hospitales brasileños de pequeño porte RESUMO Este estudo descreve os vínculos profissionais a partir de pesquisa em 3.524 hospitais de pequeno porte (HPP) brasileiros definidos na faixa de 0 a 50 leitos.
Realizado in loco por meio de survey, teve como resultado relevante, além de criar base de dados até então inexistente, fornecer evidências para caracterizar essas instituições.
Os principais resultados encontrados demonstram diferentes vínculos profissionais sendo utilizados nos contratos de trabalho, com maior ênfase nos vínculos estatutário, Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) e autônomos, e não sugerem diferenças quanto ao perfil de atenção e-ou aspectos gerais de estrutura e funcionamento.
O vínculo profissional, mesmo refletindo uma situação contextual de origens estruturais nos novos rearranjos do mundo do trabalho e emprego, não permite conclusões definiti...





Documentos relacionados