Combates pela educação operária: aspectos da reação católica à criação de escolas modernas no brasil 1900-1920 Reportar como inadecuado




Combates pela educação operária: aspectos da reação católica à criação de escolas modernas no brasil 1900-1920 - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Educar em Revista 2016, 60

Autor: Isabel Bilhão

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Educar em Revista ISSN: 0104-4060 educar@ufpr.br Universidade Federal do Paraná Brasil Bilhão, Isabel Combates pela educação operária: aspectos da reação católica à criação de Escolas Modernas no Brasil (1900-1920) Educar em Revista, núm.
60, abril-junio, 2016, pp.
231-246 Universidade Federal do Paraná Paraná, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=155046191013 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Combates pela educação operária: aspectos da reação católica à criação de Escolas Modernas no Brasil (1900-1920)1 Combats on workers’ education: aspects of the Catholic reaction against the creation of Modern Schools in Brazil (1900-1920) Isabel Bilhão2 RESUMO As propostas pedagógicas e os dados biográficos de Francisco Ferrer y Guardia já foram bastante estudados no contexto acadêmico brasileiro.
No entanto, ainda carecem de maior investigação os argumentos e as estratégias utilizados pelos grupos opositores às suas concepções educacionais, especialmente os provenientes de membros da Igreja.
Este artigo objetiva analisar alguns aspectos da reação católica à criação de Escolas Modernas no país nas primeiras décadas do século XX.
Tal discussão embasa-se empiricamente em um encarte especial da Revista Vozes de Petrópolis, publicado em 1913. Pretende-se ampliar a compreensão dos embates em torno da educação operária no período inicial da República, refletindo especialmente sobre as estratégias argumentativas de religiosos que se propõem a combater a difusão da educação racionalista entre os trabalhadores. Palavras-chave: educação operária; Escola Moderna; católicos; anarquistas. DOI: 10.1590-0104-4060.43357 1  As reflexões aqui apresentadas...





Documentos relacionados