A participação da mãe nos cuidados ao seu filho hospitalizado: uma perspectiva da equipe de enfermagem Reportar como inadecuado




A participação da mãe nos cuidados ao seu filho hospitalizado: uma perspectiva da equipe de enfermagem - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Isabel Cristina dos Santos Oliveira ;Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2003, 7 (3)

Autor: Carla Cristina Fernandes de Souza

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Escola Anna Nery Revista de Enfermagem ISSN: 1414-8145 annaneryrevista@gmail.com Universidade Federal do Rio de Janeiro Brasil Fernandes de Souza, Carla Cristina; Santos Oliveira, Isabel Cristina dos A participação da mãe nos cuidados ao seu filho hospitalizado: Uma perspectiva da equipe de enfermagem Escola Anna Nery Revista de Enfermagem, vol.
7, núm.
3, diciembre, 2003, pp.
379-387 Universidade Federal do Rio de Janeiro Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=127718223010 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto A participação da mãe nos cuidados ao seu filho hospitalizado: Uma perspectiva da equipe de enfermagem1 Carla Cristina Fernandes de Souza Isabel Cristina dos Santos Oliveira Resumo O foco do estudo é a participação das mães nos cuidados prestados aos filhos durante a hospitalização na perspectiva da equipe de enfermagem tendo como objetivos: descrever a participação das mães na prestação dos cuidados aos filhos e analisar as experiências da equipe de enfermagem sobre os cuidados prestados pelas mães.
A pesquisa é de natureza qualitativa.
Os sujeitos do estudo são os membros da equipe de enfermagem de uma unidade de internação de um hospital infantil universitário do Rio de Janeiro.
Os procedimentos metodológicos utilizados foram entrevista semi-estruturada e observação sistemática.
Constata-se que a mãe tem participação ativa durante a internação do filho, prestando cuidados que geram conforto à criança e diminuindo as atividades da equipe de enfermagem que presta cuidados complexos.
Conclui-se que a equipe de enfermagem considera a participação da mãe positiva para o tratamento da criança, trazendo segurança, e maior receptividade ...





Documentos relacionados