Distribuição espacial da rugosidade do solo em microparcelas experimentais sob diferentes intensidades de chuva simulada Reportar como inadecuado




Distribuição espacial da rugosidade do solo em microparcelas experimentais sob diferentes intensidades de chuva simulada - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Jorge Dafonte Dafonte ; Eva Vidal Vázquez ; Montserrat Valcarcel Armesto ;Revista Brasileira de Ciências Agrárias 2012, 7 (4)

Autor: Glécio M. Siqueira

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Revista Brasileira de Ciências Agrárias ISSN: 1981-1160 editorgeral@agraria.pro.br Universidade Federal Rural de Pernambuco Brasil Siqueira, Glécio M.; Dafonte Dafonte, Jorge; Vidal Vázquez, Eva; Valcarcel Armesto, Montserrat Distribuição espacial da rugosidade do solo em microparcelas experimentais sob diferentes intensidades de chuva simulada Revista Brasileira de Ciências Agrárias, vol.
7, núm.
4, octubre-diciembre, 2012, pp.
671-679 Universidade Federal Rural de Pernambuco Pernambuco, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=119024993021 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto AGRÁRIA Revista Brasileira de Ciências Agrárias ISSN (on line) 1981-0997 v.7, n.4, p.671-679, out.-dez., 2012 Recife, PE, UFRPE.
www.agraria.ufrpe.br DOI:10.5039-agraria.v7i4a1783 Protocolo 1783 - 05-09-2011 • Aprovado em 17-03-2012 Glécio M.
Siqueira1,4 Jorge Dafonte Dafonte2 Eva Vidal Vázquez3 Montserrat Valcarcel Armesto2 Distribuição espacial da rugosidade do solo em microparcelas experimentais sob diferentes intensidades de chuva simulada RESUMO O objetivo deste trabalho foi avaliar a distribuição espacial da rugosidade do solo em microparcelas compostas por diferentes solos de Galícia (Espanha) após aplicação de distintas chuvas simuladas.
Os agregados do solo, de 3-5 cm, foram coletados nos municípios de Lugo e Taboada.
Em laboratório as parcelas experimentais foram construídas utilizando-se base metálica móvel de 0,86 m x 0,86 m (0,73 m2).
A rugosidade do solo (dm) foi determinada com rugosímetro laser, antes e depois da aplicação de quantidades crescentes de chuva simulada (50 mm h-1 e 75 mm h-1) durante uma hora.
O índice de rugosidade aleatória (RR) cresceu com o aumento do vol...





Documentos relacionados