Educação física, gênero e escola: uma análise da produção acadêmica Reportar como inadecuado




Educação física, gênero e escola: uma análise da produção acadêmica - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Diego Luz Moura ; Ludmila Mourão ;Movimento 2010, 16 (2)

Autor: Alexandre Jackson Chan-Vianna

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Movimento ISSN: 0104-754X stigger@adufrgs.ufrgs.br Escola de Educação Física Brasil Chan-Vianna, Alexandre Jackson; Luz Moura, Diego; Mourão, Ludmila Educação Física, gênero e escola: uma análise da produção acadêmica Movimento, vol.
16, núm.
2, abril-junio, 2010, pp.
149-166 Escola de Educação Física Rio Grande do Sul, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=115316043008 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Educação Física, gênero e escola: uma análise da produção acadêmica Alexandre Jackson Chan-Vianna* Diego Luz Moura** Ludmila Mourão*** Resumo: O objetivo do estudo foi analisar as argumentações que sustentam a afirmação de discriminação das meninas nas aulas de educação física, na produção das pesquisas dos programas sensu stricto em educação física do banco de teses da CAPES.
Cinco estudos foram identificados e analisados a partir das categorias analíticas: propostas das pesquisas; discriminação nas aulas de educação física; a esportivização e o sexismo, e o conceito de sexismo.
As pesquisas, de um lado, denunciam o sistema escolar por reforçar o sexismo mas, por outro, apontam que gênero não é o único fator de inclusão e exclusão. Palavras-chave: Educação física.
Identidade de gênero.
Preconceito. Dissertações Acadêmicas como Assunto. 1 INTRODUÇÃO Uma das principais tarefas dos educadores é construir um modelo pedagógico que torne o acesso às atividades escolares mais democráticos.
O desafio pedagógico é refletir sobre as diferenças e promover a equidade, sem estigmatizar os envolvidos.
A ciência é fundamental nesse processo.
Muitos discursos e ações adotadas nas escolas têm como pano de fundo as prescrições form...





Documentos relacionados