Stress, coping e adaptação na transição para o segundo ciclo de escolaridade: efeitos de um programa de intervenção Reportar como inadecuado




Stress, coping e adaptação na transição para o segundo ciclo de escolaridade: efeitos de um programa de intervenção - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Maria Alexandra Marques Pinto ;Aletheia 2008, (27)

Autor: Karla Sandy de Leça Correia

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Aletheia ISSN: 1413-0394 mscarlotto@ulbra.br Universidade Luterana do Brasil Brasil Leça Correia, Karla Sandy de; Marques Pinto, Maria Alexandra Stress, coping e adaptação na transição para o segundo ciclo de escolaridade: efeitos de um programa de intervenção Aletheia, núm.
27, enero-junio, 2008, pp.
7-22 Universidade Luterana do Brasil Canoas, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=115012525002 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Aletheia 27(1), p.7-22, jan.-jun.
2008 Stress, coping e adaptação na transição para o segundo ciclo de escolaridade: efeitos de um programa de intervenção Karla Sandy de Leça Correia Maria Alexandra Marques Pinto Resumo: A transição escolar pode ser entendida como um período de crise normativa na vida de crianças e adolescentes.
O estudo analisou as diferenças nos factores de stress relevantes na transição de ciclo escolar, as estratégias de coping utilizadas e dois índices de adaptação, académico e social, entre três grupos de estudantes: grupo que participou num programa com sessões acerca da Transição (n=83) no 4º ano de escolaridade; grupo que participou deste programa e de treino de Competências Sociais (n=22); e um grupo de controlo (n=104).Os resultados apontam que o grupo que foi submetido a um programa de promoção de Competências Sociais e de sessões sobre a Transição utilizou com maior frequência estratégias de coping, particularmente, as de distracção cognitiva e comportamental, do que os outros dois grupos. Não se verificaram diferenças nos níveis de stress escolar e nos dois índices de adaptação entre os três grupos considerados. Palavras-chave: stress, coping, transição. Stress, coping and adaptation...





Documentos relacionados