Orientalismo, interpretação, e o estudo da filosofia indiana no ocidente Reportar como inadecuado




Orientalismo, interpretação, e o estudo da filosofia indiana no ocidente - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Revista Científica Guillermo de Ockham 2016, 14 (1)

Autor: Andrew J. Nicholson

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Revista Científica Guillermo de Ockham ISSN: 1794-192X investigaciones@ubscali.edu.co Universidad de San Buenaventura Cali Colombia Nicholson, Andrew J. Orientalismo, Interpretação, e o Estudo da Filosofia Indiana no Ocidente Revista Científica Guillermo de Ockham, vol.
14, núm.
1, 2016 Universidad de San Buenaventura Cali Cali, Colombia Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=105345260011 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Rev.
Guillermo de Ockham 14(1): xx-xx, 2016 Artículo IN PRESS Orientalismo, Interpretação, e o Estudo da Filosofia Indiana no Ocidente Andrew J.
Nicholson1 Stony Brook University, (EEUU) Recibido: Noviembre 27 de 2015 – Revisado: Diciembre 17 de 2015 – Aceptado: Marzo 7 de 2016 Referencia formato APA: Nicholson, A.
J.
(2016).
Orientalismo, Interpretação, e o Estudo da Filosofia Indiana no Ocidente.
Rev.
Guillermo de Ockham, 14(1), pp-pp. This work is licensed under CC BY-NC- Edward Said e a Crítica da Indologia Em 1978, o crítico cultural e literário palestino-americano Edward Said escreveu um livro chamado Orientalismo: A Invenção do Oriente pelo Ocidente.
Neste livro, Said criticou o trabalho acadêmico dos -orientalistas- na Europa e na América do Norte, considerando-o um instrumento do poder imperial.
Sendo palestino, ele estava especialmente interessado em como o conhecimento europeu sobre o Oriente Médio e sobre o Islã foi produzido nos séculos XVIII, XIX e XX.
Ele tinha menos a dizer acerca da produção europeia de conhecimento sobre o Sul da Ásia e o Leste da Ásia.
No entanto, alguns dos meus professores e colegas, como Sheldon Pollock, Ronald Inden, e Richard King desenvolveram algumas ideias de Said, estendendo sua crítica ao orientalismo à...





Documentos relacionados