Resgatando a memória dos pioneiros: recalling the memory of the pioneers joão toledo - patrono da cadeira nº 20 (12 de maio de 1872-21 de novembro de 1940) Reportar como inadecuado




Resgatando a memória dos pioneiros: recalling the memory of the pioneers joão toledo - patrono da cadeira nº 20 (12 de maio de 1872-21 de novembro de 1940) - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Boletim Academia Paulista de Psicologia 2006, XXVI (2)

Autor: Samuel Pfromm Netto

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Boletim Academia Paulista de Psicologia ISSN: 1415-711X academia@appsico.org.br Academia Paulista de Psicologia Brasil Pfromm Netto, Samuel Resgatando a Memória dos Pioneiros: Recalling the Memory of the Pioneers João Toledo - Patrono da Cadeira nº 20 (12 de maio de 1872-21 de novembro de 1940) Boletim Academia Paulista de Psicologia, vol.
XXVI, núm.
2, maio-agosto, 2006, pp.
12-14 Academia Paulista de Psicologia São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=94626205 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Boletim Academia Paulista de Psicologia - Ano XXVI, nº 2-06: 12-22 II - HISTÓRIA DA PSICOLOGIA • Resgatando a Memória dos Pioneiros: Recalling the Memory of the Pioneers João Toledo - Patrono da Cadeira nº 20 (Ë12 de maio de 1872 - h 21 de novembro de 1940) Samuel Pfromm Netto1 Cad.
nº 35 Pfromm Netto Associados - PNA Um dos mais ativos e entusiasmados promotores de conhecimentos, ensino e práticas de natureza psicológica e pedagógica em favor da criança em nosso meio, durante os anos que separaram as duas guerras mundiais, foi o paulista de Tietê, João Augusto de Toledo, conhecido como Prof.
João Toledo. Muito bem informado a respeito de idéias, estudos e pesquisas que compunham o quadro dos conhecimentos psicológicos de seu tempo, João Toledo soube traduzi-los com rigor e elegância vernacular em vários livros, adotados em nossas antigas escolas normais, a começar pela tradução que fez, em parceria com Erasmo Braga, da obra de Sheridan e White Aprender a ensinar (1922).
Vieram depois os volumes que o consagraram como O crescimento mental (1925), Escolas brasileiras (1925), Didática (1930), Planos de lição (1934) e outros – roteiros seguros, bem fundament...





Documentos relacionados