en pt Perpetual change: source of penibility at work Mudança permanente : fonte de penosidade no trabalho Reportar como inadecuado




en pt Perpetual change: source of penibility at work Mudança permanente : fonte de penosidade no trabalho - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

1 LISE - Laboratoire Interdisciplinaire pour la Sociologie Economique

Abstract : The purpose of this article is to examine possible circumstances for a long lasting improvement of workers- psychological health. After having synthesized the main immediate causes of psychosocial problems, those problems were placed in the contemporary context which is characterized by the incessant renewal of technical and managerial apparatus. To understand the phenomena of psychosocial problems at work one has to be aware of the effects of perpetual change. To analyze these effects on workers- health, an analysis grid is presented, which was built based on the heritage of sociology of work and the notion of work institution (proposed by Lallement). This analysis grid is then applied in several empirical situations (hospitals, universities, multinational companies) to demonstrate that permanent changes lead to a polarization of individuals. Some workers loose their connection to work and, as a consequence, develop a process of degradation of their health, while others take advantage of the movement and remain in good health. Finally, perpetual change is explained as a result of typical dynamics of the management field and of a reification posture which is emblematic to the rationalizing approach. Therefore, it is necessary to intervene in the core of social relations to be able to improve workers- psychological health in a long lasting way.

Résumé : Este artigo se propõe a examinar as possíveis condições para a melhoria duradoura da saúde psíquica dos trabalhadores. Para fazê-lo, após ter sintetizado as principais causas imediatas dos problemas psicossociais, recolocamo-los no contexto contemporâneo caracterizado pela renovação incessante dos dispositivos técnicos e de gestão. Assim, compreender os fenômenos dos problemas psicossociais no trabalho implica em se interessar pelos efeitos da mudança permanente. Precisamente, para considerarmos, de forma geral, estes efeitos sobre a saúde, elaboramos uma grade de análise a partir da herança da sociologia do trabalho e da noção de trabalho instituição (proposta por Lallement). Esta grade de análise é, em seguida, utilizada em situações empíricas variadas (hospitais, universidades, empresas multinacionais) para demonstrarmos que a mudança permanente engendra uma polarização dos indivíduos. Certos trabalhadores perdem seu vínculo com o trabalho e assim iniciam um processo de degradação de sua saúde, enquanto outros tiram proveito do movimento e permanecem em boa saúde. Enfim, a mudança perpétua é explicada como resultado de dinâmicas próprias ao campo da gestão e de uma postura reificante específica da abordagem racionalizadora. Assim, a fim de melhorar de forma duradoura a saúde psíquica no trabalho, é necessário intervir no coração das relações sociais.

keyword : Mudança permanente Racionalização Gestão Reificação Problemas psicossociais





Autor: Jean-Luc Metzger -

Fuente: https://hal.archives-ouvertes.fr/



DESCARGAR PDF




Documentos relacionados