Quero comer não, mãe: considerações sobre anorexia nervosa Reportar como inadecuado




Quero comer não, mãe: considerações sobre anorexia nervosa - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Lygia Vampré Humberg ;ConScientiae Saúde 2007, 6 (1)

Autor: Cristiane Luzia dos Santos

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



ConScientiae Saúde ISSN: 1677-1028 conscientiaesaude@uninove.br Universidade Nove de Julho Brasil dos Santos, Cristiane Luzia; Vampré Humberg, Lygia Quero comer não, mãe: considerações sobre anorexia nervosa ConScientiae Saúde, vol.
6, núm.
1, 2007, pp.
173-178 Universidade Nove de Julho São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=92960120 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Quero comer não, mãe: considerações sobre anorexia nervosa Cristiane Luzia dos Santos Graduanda em Psicologia – Uninove. São Paulo – SP [Brasil] cris_frend@yahoo.com.br Editorial Lygia Vampré Humberg Membro do Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapiential; Docente do Departamento de Ciências da Saúde – Uninove. São Paulo – SP [Brasil] lygiah@uol.com.br Ponto de vista Artigos Instruções para os autores Neste trabalho, aborda-se um dos distúrbios alimentares mais comuns na atualidade, a anorexia.
Este estudo, que parte da compreensão histórica do momento atual e do percurso da psicanálise para compreender a anorexia, se inicia com Jean-Marie Charcot e o estudo da histeria, passa por Sigmund Freud e seu estudo a respeito das pulsões de vida e morte, e chega a Donald Woods Winnicott, que embasará, com sua teoria de desenvolvimento emocional, a relação do bebê com sua mãe, focando os percalços existentes nesse processo que vai da dependência absoluta do lactante à independência do cuidado materno.
O objetivo deste artigo é chamar a atenção sobre a anorexia, sem, contudo, pretender estabelecer conclusões definitivas. Palavras-chave: Anorexia.
Dependência.
Pulsões. Relação maternal. ConScientiae Saúde, São Paulo, v.
6, n. 1, p. 173-178, 2007. 173 Quero...





Documentos relacionados