Análise ambiental e do estado de deterioração da microbacia do riacho do tronco, boa vista, pb, brasil Reportar como inadecuado




Análise ambiental e do estado de deterioração da microbacia do riacho do tronco, boa vista, pb, brasil - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Eduardo Rodrigues Viana de Lima ; José Dantas Neto ; Ronildo Alcântara Pereira ;Ambiente & ÁguaAn Interdisciplinary Journal of Applied Science 2010, 5 (1)

Autor: Josandra Araújo Barreto de Melo

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Ambiente & Água - An Interdisciplinary Journal of Applied Science ISSN: 1980-993X ambi-agua@agro.unitau.br Universidade de Taubaté Brasil Araújo Barreto de Melo, Josandra; Rodrigues Viana de Lima, Eduardo; Dantas Neto, José; Alcântara Pereira, Ronildo Análise ambiental e do estado de deterioração da microbacia do Riacho do Tronco, Boa Vista, PB, Brasil Ambiente & Água - An Interdisciplinary Journal of Applied Science, vol.
5, núm.
1, abril, 2010, pp.
172188 Universidade de Taubaté Taubaté, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=92812526015 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto ISSN = 1980-993X – doi:10.4136-1980-993X www.ambi-agua.net E-mail: ambi-agua@agro.unitau.br Tel.: (12) 3625-4212 Análise ambiental e do estado de deterioração da microbacia do Riacho do Tronco, Boa Vista, PB, Brasil (doi:10.4136-ambi-agua.128) Josandra Araújo Barreto de Melo1; Eduardo Rodrigues Viana de Lima2; José Dantas Neto1; Ronildo Alcântara Pereira1 1 Universidade Federal de Campina Grande - UFCG E-mail: ajosandra@yahoo.com.br; zedantas@deag.ufcg.edu.br; ronalcantara@gmail.com 2 Universidade Federal da Paraíba - UFPB E-mail: eduvianalima@gmail.com RESUMO Nesta pesquisa foi proposto, a partir da subdivisão da microbacia do Riacho do Tronco em oito sub-microbacias, diagnosticar as aptidões de uso-ocupação das terras em cada uma, identificar as áreas de conflitos de uso e o nível de deterioração ambiental da microbacia como um todo, subsidiando o ordenamento territorial e a minimização dos riscos à desertificação.
Fazendo-se uso de técnicas de geoprocessamento e trabalho de campo, foram calculados os parâmetros que permitiram o estabelecimento do Coeficiente de Rugosidade de cada su...





Documentos relacionados