Danos de frio e alterações qualitativas durante armazenagem refrigerada de pêssegos colhidos em dois estádios de maturação Reportar como inadecuado




Danos de frio e alterações qualitativas durante armazenagem refrigerada de pêssegos colhidos em dois estádios de maturação - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

MICHEL ELIAS CASALI ; MARCOS LAUX DE LEÃO ; ERNANI PEZZI ; ADRIANA REGINA CORRENT ; RENAR JOÃO BENDER ;Bragantia 2008, 67 4

Autor: EDUARDO SEIBERT

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Bragantia ISSN: 0006-8705 editor@iac.sp.gov.br Instituto Agronômico de Campinas Brasil SEIBERT, EDUARDO; CASALI, MICHEL ELIAS; LAUX DE LEÃO, MARCOS; PEZZI, ERNANI; CORRENT, ADRIANA REGINA; BENDER, RENAR JOÃO Danos de frio e alterações qualitativas durante armazenagem refrigerada de pêssegos colhidos em dois estádios de maturação Bragantia, vol.
67, núm.
4, octubre-diciembre, 2008, pp.
1021-1029 Instituto Agronômico de Campinas Campinas, Brasil Disponible en: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=90811214026 Cómo citar el artículo Número completo Más información del artículo Página de la revista en redalyc.org Sistema de Información Científica Red de Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal Proyecto académico sin fines de lucro, desarrollado bajo la iniciativa de acceso abierto Alterações qualitativas durante armazenagem refrigerada de pêssegos 1021 TECNOLOGIA DE PÓS-COLHEITA DANOS DE FRIO E ALTERAÇÕES QUALITATIVAS DURANTE ARMAZENAGEM REFRIGERADA DE PÊSSEGOS COLHIDOS EM DOIS ESTÁDIOS DE MATURAÇÃO (1) EDUARDO SEIBERT (2 ,*3); MICHEL ELIAS CASALI (3), MARCOS LAUX DE LEÃO (3); ERNANI PEZZI (3); ADRIANA REGINA CORRENT (5), RENAR JOÃO BENDER (3,4) RESUMO Pêssegos ‘Chimarrita’ e ‘Chiripá’ foram colhidos nas safras de 2000 e 2001, nos estádios de maturação de vez e maduro e armazenados a 0 ºC e 90% de umidade relativa.
Os pêssegos ‘Chiripá’ permaneceram armazenados sob refrigeração por 10 ou 20 dias em 2000 e por 7, 14 ou 21 dias em 2001, enquanto os pêssegos ‘Chimarrita’ foram conservados em câmara frigorífica nas duas safras por 10, 20 ou 30 dias.
Amostras de pêssegos foram avaliadas na colheita, em cada saída de armazenagem refrigerada e após 2 ou 3 dias de amadurecimento a 20 ºC.
As perdas de massa fresca não foram afetadas pelo estádio de maturação nas duas cultivares.
Em pêssegos com mais de 5% de perdas de peso após amadurecimento, observou-se enrugamento...





Documentos relacionados