Capacidade combinatória de linhagens de tomateiro em híbridos do tipo italiano Reportar como inadecuado




Capacidade combinatória de linhagens de tomateiro em híbridos do tipo italiano - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Alex Antônio da Silva ; Thiago Vicenzi Conrado ; Wilson Roberto Maluf ; Thiago Matos Andrade ; Celso Mattes de Oliveira ;Bragantia 2014, 73 3

Autor: Marcela Carvalho Andrade

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Bragantia ISSN: 0006-8705 editor@iac.sp.gov.br Instituto Agronômico de Campinas Brasil Carvalho Andrade, Marcela; da Silva, Alex Antônio; Vicenzi Conrado, Thiago; Maluf, Wilson Roberto; Matos Andrade, Thiago; Mattes de Oliveira, Celso Capacidade combinatória de linhagens de tomateiro em híbridos do tipo italiano Bragantia, vol.
73, núm.
3, 2014, pp.
237-245 Instituto Agronômico de Campinas Campinas, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=90832414004 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto http:--dx.doi.org-10.1590-1678-4499.0039 Capacidade combinatória de linhagens de tomateiro em híbridos do tipo italiano (1) Universidade Federal de Lavras (UFLA), Departamento de Biologia, Caixa Postal 3037, 37200-000 Lavras (MG) Brasil. (2) UFLA, Departamento de Agricultura, 37200-000 Lavras (MG), Brasil. (3) Universidade Federal de Sergipe (UFS), São Cristóvão (SE), Brasil. (*) Autora correspondente: marcellinhaufla@gmail.com Recebido: 10-fev.-2014; Aceito: 9-jun.-2014 Resumo Devido à crescente importância do mercado do tomate tipo italiano no Brasil, objetivou-se conhecer a capacidade combinatória de linhagens de tomateiro potencialmente utilizáveis como genitoras de híbridos voltados a esse segmento.
O experimento constituiu-se de 28 genótipos, sendo 18 híbridos oriundos de um dialelo parcial, obtido pelo cruzamento entre dois grupos de linhagens: Grupo I (nove genitores) e Grupo II (dois genitores), oito híbridos adicionais e duas testemunhas comerciais.
Foram avaliados produção total, massa média de frutos, firmeza, formato e teor de sólidos solúveis.
Houve predominância dos efeitos gênicos aditivos para todas as características avaliadas.
As linhagens TOM-542 e TOM-734, pertenc...





Documentos relacionados