Percepções no consumo de alimentos orgânicos em supermercados: a influência de valores individuais como determinante de compra Reportar como inadecuado




Percepções no consumo de alimentos orgânicos em supermercados: a influência de valores individuais como determinante de compra - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Márcio Lopes Pimenta ; Ricardo de Souza Sette ;Organizações Rurais & Agroindustriais 2008, 10 2

Autor: Luiz Henrique de Barros Vilas Boas

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Organizações Rurais & Agroindustriais ISSN: 1517-3879 fic@unaes.com.br Universidade Federal de Lavras Brasil Barros Vilas Boas, Luiz Henrique de; Lopes Pimenta, Márcio; Souza Sette, Ricardo de PERCEPÇÕES NO CONSUMO DE ALIMENTOS ORGÂNICOS EM SUPERMERCADOS: A INFLUÊNCIA DE VALORES INDIVIDUAIS COMO DETERMINANTE DE COMPRA Organizações Rurais & Agroindustriais, vol.
10, núm.
2, mayo-agosto, 2008, pp.
264-278 Universidade Federal de Lavras Minas Gerais, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=87812763008 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 264 PERCEPÇÕES NO CONSUMO DE ALIMENTOS ORGÂNICOS EM VILAS BOAS, L.
H. DE B.
et al. SUPERMERCADOS: A INFLUÊNCIA DE VALORES INDIVIDUAIS COMO DETERMINANTE DE COMPRA Perceptions on the consumption of organic food in supermarkets: the influence of individual values as a purchase determinant RESUMO O expressivo crescimento do mercado mundial de alimentos orgânicos, nos últimos dez anos, tem aumentado a demanda por estudos relacionados a esse tema.
Os supermercados têm se mostrado agentes relevantes na distribuição desses produtos no Brasil e no exterior.
Este trabalho foi realizado com o objetivo de descrever as características do comportamento do consumidor de frutas, legumes e verduras (FLV) orgânicos na cidade de Uberlândia, Minas Gerais.
Mais especificamente, buscou-se evidenciar tal comportamento com base no encadeamento entre atributos, conseqüências (benefícios que esses atributos são capazes de prover) e valores pessoais dos consumidores.
Foram realizadas trinta entrevistas em profundidade, utilizando-se a técnica qualitativa laddering, que toma os pressupostos teóricos da cadeia de meios-fim.
Os resultados mostram, enfaticamente, a p...





Documentos relacionados