Reflexões sobre a epidemia e transmissão vertical do hiv no brasil Reportar como inadecuado




Reflexões sobre a epidemia e transmissão vertical do hiv no brasil - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

ÁLVARO DA SILVA SANTOS ;Saúde Coletiva 2006, 3 10

Autor: ROSELY ERLACH GOLDMAN

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Saúde Coletiva ISSN: 1806-3365 editorial@saudecoletiva.com.br Editorial Bolina Brasil ERLACH GOLDMAN, ROSELY; DA SILVA SANTOS, ÁLVARO Reflexões sobre a epidemia e transmissão vertical do HIV no Brasil Saúde Coletiva, vol.
3, núm.
10, 2006, pp.
58-62 Editorial Bolina São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=84222224006 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto epidemiologia Goldman RE.
Santos AS.
Reflexões sobre a epidemia e transmissão vertical do HIV no Brasil ROSELY ERLACH GOLDMAN Obstetra.
Mestre e Doutora em Enfermagem.
Disciplina Enfermagem Obstétrica da Universidade Federal de São Paulo UNIFESP-EPM ÁLVARO DA SILVA SANTOS Enfermeiro Sanitarista. Mestre em Administração em Serviços de Saúde. Doutor em Ciências Sociais.
Professor da Universidade Anhembi Morumbi e Universidade Nove de Julho. Líder do Núcleo de Estudos em Saúde Coletiva e da Família (NESCOF) – UNINOVE Recebido: 05-01-2006 Aprovado: 12-05-2006 58 Epidemiologia.indd 58 Saúde Coletiva 2006;03(10):58-62 06.06.06 10:32:41 epidemiologia Goldman RE, Santos AS.
Reflexões sobre a epidemia e transmissão vertical do HIV no Brasil Reflexões sobre a epidemia e transmissão vertical do HIV no Brasil Este estudo contempla uma revisão bibliográfica sobre a infecção pelo HIV no Brasil, as mudanças no perfil epidemiológico e suas repercussões no progressivo crescimento das taxas de transmissão vertical do HIV.
Inicialmente, as pessoas infectadas eram jovens, homossexuais ou bissexuais masculinos e alguns usuários de drogas injetáveis.
Hoje, a população mais afetada encontra-se em idade reprodutiva e a relação é de um homem para uma mulher.
As políticas de saúde e as condutas adotadas, fr...





Documentos relacionados