Validação do modelo de conceitualização de três componentes do comprometimento organizacional meyer e allen, 1991 Reportar como inadecuado




Validação do modelo de conceitualização de três componentes do comprometimento organizacional meyer e allen, 1991 - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Wayne Thomas Enders ;RACRevista de Administração Contemporânea 1998, 2 3

Autor: Carlos Alberto Freire Medeiros

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



RAC - Revista de Administração Contemporânea ISSN: 1415-6555 rac@anpad.org.br Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração Brasil Freire Medeiros, Carlos Alberto; Enders, Wayne Thomas Validação do modelo de conceitualização de três componentes do comprometimento organizacional (Meyer e Allen, 1991) RAC - Revista de Administração Contemporânea, vol.
2, núm.
3, septiembre-diciembre, 1998, pp.
6787 Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=84013648005 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Validação do Modelo de Conceitualização de Três Componentes do Comprometimento Organizacional (Meyer e Allen, 1991) Carlos Alberto Freire Medeiros Wayne Thomas Enders RESUMO Neste estudo foi realizada a validação do modelo de conceitualização de três componentes do comprometimento organizacional de Meyer e Allen (1991), utilizando o instrumento de 18 itens, reduzido e modificado pelos autores (Meyer, Allen e Smith, 1993).
Para a validação foi utilizada a Análise Fatorial, que confirmou a estrutura tri-dimensional do comprometimento: afetiva, instrumental e normativa.
Com os escores fatoriais, em face dos três componentes da teoria, foram agrupados os indivíduos em oito padrões distintos de comprometimento organizacional, utilizando Análise de Cluster e combinando componentes de comprometimento.
A partir dos padrões de comprometimento estabelecidos, foram examinadas as relações existentes entre estes padrões e a performance no trabalho dos indivíduos, medida através da avaliação dos supervisores, em três bases: produtividade, centralidade no trabalho e comprometimento.
...





Documentos relacionados