Movimentos sociais e a construção do político carl schmitt Reportar como inadecuado




Movimentos sociais e a construção do político carl schmitt - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

CivitasRevista de Ciências Sociais 2004, 4 1

Autor: Hans Georg Flickinger

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Civitas - Revista de Ciências Sociais ISSN: 1519-6089 civitas@pucrs.br Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Brasil Flickinger, Hans Georg Movimentos sociais e a construção do Político Carl Schmitt Civitas - Revista de Ciências Sociais, vol.
4, núm.
1, janeiro-junho, 2004, pp.
11-28 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Porto Alegre, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=74240102 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Movimentos sociais e a construção do Político Carl Schmitt Hans-Georg Flickinger1 Qualquer referência ao pensamento de Carl Schmitt –intelectual alemão envolvido na ideologia nacional-socialista– no atual debate sobre movimentos sociais, seu lugar e sua função no sistema parlamentar-representativo, parece significar, ao primeiro olhar, um contrasenso. Pois foi exatamente a crítica nacional-socialista que jogou argumentos pesados contra a democracia liberal-burguesa, construindo suas próprias convicções com base nesta oposição.
Nada mais natural, portanto, do que exigir uma legitimação específica de minha opção em favor da inclusão deste nome no nosso debate; nome que, embora muito presente nas ciências políticas ____________ 1 Filósofo e jurista, professor na Universidade de Kassel, onde é decano da área de Humanidades (Sozialwesen).
Foi professor no PPG em Filosofia da Pucrs até abril de 2004.
Endereço: dekanat@sozialwesen.uni-kassel.de Civitas, Porto Alegre, v.
4, nº 1, jan.-jun.
2004 12 Civitas – Revista de Ciências Sociais v.
4, nº 1, jan.-jun.
2004 do velho continente, ainda está por ser descoberto no contexto brasileiro.2 Frente a este cenário, vejo-me levado a iniciar meus raciocínios com ...





Documentos relacionados