Pesquisas sobre a escola e pesquisas no cotidiano da escola Reportar como inadecuado




Pesquisas sobre a escola e pesquisas no cotidiano da escola - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

EccoS Revista Científica 2008, 10 Esp

Autor: Marli E. D. A. de André

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



EccoS Revista Científica ISSN: 1517-1949 eccos@uninove.br Universidade Nove de Julho Brasil de André, Marli E.
D.
A. Pesquisas sobre a escola e pesquisas no cotidiano da escola EccoS Revista Científica, vol.
10, núm.
Esp, julho, 2008, pp.
133-145 Universidade Nove de Julho São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=71509906 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Pesquisas sobre a escola e pesquisas no cotidiano da escola Marli E.
D.
A.
de André 1 Professora do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Educação – PUC-SP. São Paulo – SP [Brasil] marliandre@pucsp.br Um ponto de partida: pesquisas sobre a escola brasileira Para iniciar a discussão, recorro a dois estudos do tipo “estado do conhecimento”, que fazem uma síntese integrativa da produção acadêmica sobre a escola.
O material que serviu de base para os dois estudos é diferente: em um deles são analisadas as dissertações e teses dos pós-graduandos; no outro, os projetos de pesquisa financiados pelo CNPq, cujos autores são professoresdoutores, em sua maioria orientadores nos programas de pós-graduação em educação.
Se é na pós-graduação que se produz grande parte da pesquisa no país, creio que, dessa forma, ter-se-á uma visão bastante representativa da produção acadêmica sobre a escola brasileira. No artigo “Escola como objeto de estudo nos trabalhos acadêmicos brasileiros: 1981- 1998”, Marin, Bueno e Sampaio (2005) analisam as tendências das teses e dissertações defendidas nos programas de pós-graduação em educação, que procuraram investigar a escola contemporânea por meio de quatro entradas: escola, saberes, professores e alunos.
Os autores usaram um protocolo de 17 ques...





Documentos relacionados