A vida em 20 linhas: a representação da morte nas páginas da folha de s.paulo Reportar como inadecuado




A vida em 20 linhas: a representação da morte nas páginas da folha de s.paulo - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

IntercomRevista Brasileira de Ciências da Comunicação 2014, 37 2

Autor: Monica Martinez

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Red de Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal Sistema de Información Científica Martinez, Monica A vida em 20 Linhas: a representação da morte nas páginas da Folha de S.Paulo Intercom - Revista Brasileira de Ciências da Comunicação, vol.
37, núm.
2, julio-diciembre, 2014, pp.
71-90 Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=69832559004 Intercom - Revista Brasileira de Ciências da Comunicação, ISSN (Versão impressa): 1809-5844 intercom@usp.br Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação Brasil Como citar este artigo Número completo Mais informações do artigo Site da revista www.redalyc.org Projeto acadêmico não lucrativo, desenvolvido pela iniciativa Acesso Aberto A vida em 20 Linhas: a representação da morte nas páginas da Folha de S.Paulo DOI 10.1590-1809-584420143 Monica Martinez* Resumo Este artigo investiga, no contexto das narrativas biográficas em Jornalismo Literário, os textos da seção de obituários do jornal Folha de S.Paulo.
O corpus da pesquisa consiste nos 62 obituários publicados desde a implementação, em 30 de outubro de 2007, a 31 de dezembro do mesmo ano.
Baseada no perfil biográfico do morto, esta análise busca compreender a cobertura sobre a morte a partir da ótica deste jornal paulista de circulação nacional.
Os resultados sugerem um perfil prevalente do sexo masculino, com mais de 64 anos, de profissionais liberais do eixo Rio-São Paulo que contribuíram de alguma forma para suas respectivas comunidades e foram vitimados por doença cardíaca ou câncer.
O falecimento de nonagenários e centenários transcende estas categorias, como se o simples fato de superar a expectativa média de vida brasileira fosse uma notícia em si. Palavras chave: Jornalismo.
Narrativas contemporâneas.
Narrativas biográficas. Obituários.
Folha de S.Paulo. Life in 20 l...





Documentos relacionados