Gestão do trabalho no paradigma da flexibilização e a crise do emprego: compreensão necessária à formação profissional Reportar como inadecuado




Gestão do trabalho no paradigma da flexibilização e a crise do emprego: compreensão necessária à formação profissional - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Olhar de Professor 2002, 5 1

Autor: Roseni Inês Pinto Marconato

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Olhar de Professor ISSN: 1518-5648 olhardeprofessor@uepg.br Departamento de Métodos e Técnicas de Ensino Brasil Pinto Marconato, Roseni Inês Gestão do trabalho no paradigma da flexibilização e a crise do emprego: compreensão necessária à formação profissional Olhar de Professor, vol.
5, núm.
1, 2002, pp.
141-159 Departamento de Métodos e Técnicas de Ensino Paraná, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=68450114 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Gestão do trabalho no paradigma da flexibilização e a crise do emprego: compreensão necessária à formação profissional Work management into the flexibility paradigm and the job crisis: necessary understanding to the professional formation Roseni Inês Marconato Pinto* RESUMO Atualmente, é comum o discurso sobre a cultura da qualidade.
Paulatinamente, as modernas teorias gerenciais estão invadindo todos os campos de atuação profissional, trazendo formas implícitas de exigências para os trabalhadores, que acabam aderindo a propostas pedagógicas pertinentes ao paradigma da flexibilização, sem as compreender enquanto tal, são assimiladas como algo natural.
Neste artigo busca-se situar a gestão do trabalho segundo o paradigma da flexibilização, abordando também a crise do emprego.
Entende-se que se faz necessário ter maior compreensão dos processos hegemônicos no mundo do trabalho, para poder enfrentá-los de forma mais crítica no dia-a-dia.
Processos educativos presentes no gerenciamento do trabalho precisam ser mais discutidos, pois os profissionais, enquanto trabalhadores, não podem simplesmente aderir a essas novas propostas.
Isto em função de que no sentido gramsciano tem-se que no processo educativo de cons...





Documentos relacionados