Representação em rousseau e hannah arendt Reportar como inadecuado




Representação em rousseau e hannah arendt - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Lua Nova 2007, 72

Autor: Maria Aparecida Azevedo Abreu

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Lua Nova ISSN: 0102-6445 luanova@cedec.org.br Centro de Estudos de Cultura Contemporânea Brasil Azevedo Abreu, Maria Aparecida Representação em rousseau e hannah arendt Lua Nova, núm.
72, 2007, pp.
175-194 Centro de Estudos de Cultura Contemporânea São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=67307206 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Maria Aparecida Azevedo Abreu REPRESENTAÇÃO EM ROUSSEAU E HANNAH ARENDT Maria Aparecida Azevedo Abreu Tanto Hannah Arendt quanto Rousseau são críticos à representação política.
Contudo, as formas com que cada um constrói sua crítica são bem distintas.
Os dois podem ser considerados, sob muitos aspectos, “adversários” no terreno da teoria política, o que é explicitado por Arendt em Da revolução. O propósito deste texto é colocar em evidência os pontos de aproximação e afastamento entre os dois autores no que diz respeito à sua crítica à representação política.
Obviamente, neste propósito, deverá ser percorrido um caminho por alguns conceitos centrais na obra de ambos. Representação: um problema para nossos autores Na obra de Rousseau, sua crítica à representação política, no sentido de escolha de mandatários, está associada à sua formulação do conceito de soberania.
Para ele, a soberania deve ter como titular o conjunto de todos os cidadãos e não pode ser delegada nem dividida.
Sem essa possibilidade, não há como haver representantes que decidam em nome dos cidadãos.
Embora isto valha em relação ao legislativo, não vale em relação à composição do Governo, nome Lua Nova, São Paulo, 72: 175-194, 2007 175 Representação em Rousseau e Hannah Arendt 176 dado ao que chamaríamos hoje de Pode...





Documentos relacionados