O 18 brumário e a análise de classe contemporânea Reportar como inadecuado




O 18 brumário e a análise de classe contemporânea - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Lua Nova 2007, 71

Autor: Renato Monseff Perissinotto

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Lua Nova ISSN: 0102-6445 luanova@cedec.org.br Centro de Estudos de Cultura Contemporânea Brasil Perissinotto, Renato Monseff O 18 Brumário e a análise de classe contemporânea Lua Nova, núm.
71, 2007, pp.
81-121 Centro de Estudos de Cultura Contemporânea São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=67307104 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto O 18 BRUMÁRIO E A ANÁLISE DE CLASSE CONTEMPORÂNEA Renato Monseff Perissinotto A análise de classe, isto é, a análise que pretende entender os fenômenos sociais e políticos a partir das relações entre classes sociais situadas no processo produtivo, é um dos pilares teóricos do marxismo.
Uma das tarefas da análise de classe, segundo Ralph Miliband, é “demonstrar as estruturas e os mecanismos exatos de dominação e exploração” nas sociedades humanas (1996: 483).
Para ser mais específico, o marxismo tem como obrigação não apenas identificar as relações de exploração que se estabelecem, ao longo da história, entre produtores e proprietários dos meios de produção, mas, também, na medida em que atribui às relações de classe a condição de princípio estruturador da totalidade social, analisar os “mecanismos de dominação” por meio dos quais as classes atuam na política.
Nesse caso, o problema teórico fundamental, para usar as palavras de Przeworsky, “resume-se em saber como um grupo de indivíduos ocupantes de lugares torna-se uma coletividade em luta para a realização de seus interesses” (1989: 86). Este artigo tem como pretexto inicial um retorno à mais consagrada análise histórica de Marx – O 18 Brumário Lua Nova, São Paulo, 71: 81-121, 2007 O 18 Brumário e a análise de classe contempor...





Documentos relacionados