Morbidade psiquiátrica e uso de álcool em gestantes usuárias do sistema único de saúde Reportar como inadecuado




Morbidade psiquiátrica e uso de álcool em gestantes usuárias do sistema único de saúde - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Milton R Laprega ; Erikson F Furtado ;Revista de Saúde Pública 2005, 39 4

Autor: Simone N Pinheiro

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Revista de Saúde Pública ISSN: 0034-8910 revsp@usp.br Universidade de São Paulo Brasil Pinheiro, Simone N; Laprega, Milton R; Furtado, Erikson F Morbidade psiquiátrica e uso de álcool em gestantes usuárias do Sistema Único de Saúde Revista de Saúde Pública, vol.
39, núm.
4, agosto, 2005, pp.
593-598 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=67240148012 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Rev Saúde Pública 2005;39(4):593-8 #! www.fsp.usp.br-rsp Morbidade psiquiátrica e uso de álcool em gestantes usuárias do Sistema Único de Saúde Psychiatric morbidity and alcohol use by pregnant women in a public obstetric service Simone N Pinheiroa, Milton R Lapregaa e Erikson F Furtadob a Departamento de Medicina Social.
Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.
Universidade de São Paulo (FMRP-USP).
Ribeirão Preto, SP, Brasil.
bDepartamento de Neurologia, Psiquiatria e Psicologia Médica.
FMRP-USP.
Ribeirão Preto, SP, Brasil Descritores Gravidez.
Drogas, efeitos.
Alcoolismo. Sintomas afetivos.
SUS (BR). Resumo Objetivo Investigar a relação entre consumo de álcool e problemas emocionais em gestantes, verificando se as gestantes com consumo problemático de álcool (uso nocivo ou dependência) tiveram mais problemas emocionais quando comparadas àquelas cujo consumo não era problemático. Métodos Estudo transversal, observacional, sobre uma amostra clínica de um serviço obstétrico público de Ribeirão Preto, SP.
A amostra foi não probabilística, de conveniência, do tipo consecutiva, composta por 450 gestantes.
Foram aplicados três questionários: para dados sociodemográficos, o Questionário de Morbidade Psiquiátrica (QMPA) e um quest...





Documentos relacionados