Efeito da remoção de notificações repetidas sobre a incidência da tuberculose no brasil Reportar como inadecuado




Efeito da remoção de notificações repetidas sobre a incidência da tuberculose no brasil - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Antony Peter Stevens ; Adriana Bacelar Ferreira Gomes ; Elza Ferreira Noronha ; Ruth Glatt ; Carolina Novaes Carvalho ; João Gregório de Oliveira Junior ; Maria de Fátima Marinho de Souza ;Revista de Saúde Pública 2007, 41 1

Autor: Ana Luiza Bierrenbach

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Revista de Saúde Pública ISSN: 0034-8910 revsp@usp.br Universidade de São Paulo Brasil Bierrenbach, Ana Luiza; Stevens, Antony Peter; Bacelar Ferreira Gomes, Adriana; Ferreira Noronha, Elza; Glatt, Ruth; Novaes Carvalho, Carolina; de Oliveira Junior, João Gregório; Marinho de Souza, Maria de Fátima Efeito da remoção de notificações repetidas sobre a incidência da tuberculose no Brasil Revista de Saúde Pública, vol.
41, núm.
1, septiembre, 2007, pp.
67-76 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=67240164010 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Rev Saúde Pública 2007;41(Supl.
1):67-76 Ana Luiza BierrenbachI Antony Peter StevensI Adriana Bacelar Ferreira GomesI Elza Ferreira NoronhaII Ruth GlattI Carolina Novaes CarvalhoI João Gregório de Oliveira JuniorI Maria de Fátima Marinho de SouzaI Efeito da remoção de notificações repetidas sobre a incidência da tuberculose no Brasil Impact on tuberculosis incidence rates of removal of repeat notification records RESUMO OBJETIVO: Avaliar o impacto nas taxas de incidência de tuberculose com a exclusão de registros indevidamente repetidos no sistema de notificação. MÉTODOS: Foram analisados dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação do Ministério da Saúde, referentes ao período de 2000 a 2004. Os registros repetidos foram identificados por pareamento probabilístico e classificados em seis categorias excludentes que determinaram suas remoções, vinculações ou permanências na base. RESULTADOS: Verificou-se que 73,7% das notificações eram únicas, 18,9% formavam duplas, 4,7% triplas e 2,7% grupos de quatro ou mais registros. Dentre os registros repetidos, 47,3% foram...





Documentos relacionados