Iniquidades em saúde bucal: escolares beneficiários do bolsa família são mais vulneráveis? Reportar como inadecuado




Iniquidades em saúde bucal: escolares beneficiários do bolsa família são mais vulneráveis? - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Marcos Britto Correa ; Gustavo Giacomelli Nascimento ; Marília Leão Goettems ; Sandra Beatriz Chaves Tarquínio ; Dione Dias Torriani ; Flávio Fernando Demarco ;Revista de Saúde Pública 2013, 47 6

Autor: Luísa Jardim Corrêa de Oliveira

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Revista de Saúde Pública ISSN: 0034-8910 revsp@usp.br Universidade de São Paulo Brasil Jardim Corrêa de Oliveira, Luísa; Britto Correa, Marcos; Giacomelli Nascimento, Gustavo; Leão Goettems, Marília; Chaves Tarquínio, Sandra Beatriz; Dias Torriani, Dione; Demarco, Flávio Fernando Iniquidades em saúde bucal: escolares beneficiários do Bolsa Família são mais vulneráveis? Revista de Saúde Pública, vol.
47, núm.
6, diciembre, 2013, pp.
1039-1047 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=67240209003 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Rev Saúde Pública 2013;47(6):1039-47 Artigos Originais Luísa Jardim Corrêa de OliveiraI Iniquidades em saúde bucal: escolares beneficiários do Bolsa Família são mais vulneráveis? Marcos Britto CorreaI Gustavo Giacomelli NascimentoI Marília Leão GoettemsI DOI:10.1590-S0034-8910.2013047004688 Sandra Beatriz Chaves TarquínioI Dione Dias TorrianiI Flávio Fernando DemarcoI,II Inequalities in oral health: are schoolchildren receiving the Bolsa Família more vulnerable? RESUMO OBJETIVO: Analisar a associação entre ser beneficiário do Programa Bolsa Família e condições de saúde bucal entre escolares. MÉTODOS: Estudo transversal com 1.107 escolares entre oito e 12 anos de idade, provenientes de 20 escolas públicas e particulares da cidade de Pelotas, RS, em 2010.
Os beneficiários do Programa Bolsa Família foram verificados por meio de lista fornecida pelas escolas participantes do estudo.
Informações demográficas, socioeconômicas, de uso de serviço odontológico e de higiene bucal foram obtidas por meio de questionários respondidos pelos escolares e por seus pais.
O exame clínico avaliou...





Documentos relacionados