Os adolescentes infratores e o empobrecimento da rede social quando do retorno à comunidade Reportar como inadecuado




Os adolescentes infratores e o empobrecimento da rede social quando do retorno à comunidade - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Adriana Wagner ;Ciência & Saúde Coletiva 2009, 14 2

Autor: Bianca de Moraes Branco

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Ciência & Saúde Coletiva ISSN: 1413-8123 cecilia@claves.fiocruz.br Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva Brasil Moraes Branco, Bianca de; Wagner, Adriana Os adolescentes infratores e o empobrecimento da rede social quando do retorno à comunidade Ciência & Saúde Coletiva, vol.
14, núm.
2, abril, 2009, pp.
557-566 Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=63013532024 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Os adolescentes infratores e o empobrecimento da rede social quando do retorno à comunidade Adolescent transgressors and the weakening of their social network when they return to the community Bianca de Moraes Branco 1 Adriana Wagner 1 1 Universidade Federal da Bahia, Salvador, Brasil Endereço para correspondêencia: Universidade Federal da Bahia.
Av.
Reitor Miguel Calmon, s-n, Vale do Canela, Salvador, BA, 40 110-905. bmbranco@yahoo.com.br 2 Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Instituto de Psicologia do Desenvolvimento e da Personalidade. Abstract The goal of this case study was to understand the success (or failure) of the ICPAE initiative (from Portuguese: Intern with possibility of External Activity) of the Foundation for Social-Educative Services of Rio Grande do Sul in the light of the characteristics of the social network of these young transgressors and of their perception of the functioning of their family.
Five adolescents were investigated in the beginning and in the end of the ICPAE experience.
We used a social network map, and for evaluating the functioning of the family we used the GARF scale (Global Assessment of Relational Functioning Scale).
It was observed that t...





Documentos relacionados