Temas médico-sociais e a intervenção em saúde: a violência contra mulheres no discurso dos profissionais Reportar como inadecuado




Temas médico-sociais e a intervenção em saúde: a violência contra mulheres no discurso dos profissionais - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Lilia Blima Schraiber ;Ciência & Saúde Coletiva 2011, 16 3

Autor: Lígia Bittencourt Kiss

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Ciência & Saúde Coletiva ISSN: 1413-8123 cecilia@claves.fiocruz.br Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva Brasil Bittencourt Kiss, Lígia; Schraiber, Lilia Blima Temas médico-sociais e a intervenção em saúde: a violência contra mulheres no discurso dos profissionais Ciência & Saúde Coletiva, vol.
16, núm.
3, marzo, 2011, pp.
1943-1952 Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=63018467028 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 1943 Social medical themes and the health intervention: violence against women in the professional’s discourse Lígia Bittencourt Kiss 1 Lilia Blima Schraiber 1 1 Departamento de Medicina Preventiva, Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo.
Av.
Dr.
Arnaldo 455, 2º andar, sala 2170, Cerqueira César. 01246-903 São Paulo SP. ligia.Kiss@lshtm.ac.uk Abstract This study deals with violence against women as a health care matter.
It was part of a research in public services of São Paulo (Brazil), including the prevalence of violence among users from 15 to 49 years old; the study of their medical records; the description of the services; and interview with 50 professionals, focusing the routine and the ideals of health work, the perception on the existence of violence cases, the offer of assistance or its obstacles and the representations on violence.
This article analyses the content of the professional narratives and uses the other data to characterise the assistance context.
Confirming the literature, violence was almost always regarded as a relevant problem but outside the professional’s intervention boundaries.
Isolated actions and in a personal bas...





Documentos relacionados