Retratos da informalidade: a fragilidade dos sistemas de proteção social em momentos de infortúnio Reportar como inadecuado




Retratos da informalidade: a fragilidade dos sistemas de proteção social em momentos de infortúnio - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Daniel Perticarrari ;Ciência & Saúde Coletiva 2011, 16 3

Autor: Fernanda Flávia Cockell

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Ciência & Saúde Coletiva ISSN: 1413-8123 cecilia@claves.fiocruz.br Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva Brasil Cockell, Fernanda Flávia; Perticarrari, Daniel Retratos da informalidade: a fragilidade dos sistemas de proteção social em momentos de infortúnio Ciência & Saúde Coletiva, vol.
16, núm.
3, marzo, 2011, pp.
1709-1718 Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=63018467008 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 1709 Informality portraits: the fragility of social protectionist systems in misfortune situations Fernanda Flávia Cockell 1 Daniel Perticarrari 2 Abstract The research has as the objective to study the strategies and social networks used by informal workers in misfortune situations.
We interviewed sixteen workers of the buildings’ construction sector of São Carlos (São Paulo, Brazil). We tried to understand how they deal with working capacity reduction inside a precariousness context and how they perceive these situations. The qualitative analysis shows that most of them have financial difficulties to acquire private forms of protection.
We could infer that informal social networks are essential for them deal to periods of working incapacity.
Moreover the nuclear and extended family supports and religious networks are predominating. Key words Informality, Social networks, Social protection, Misfortune, Working incapacity 1 Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo. Campus Baixada Santista. Av.
D.
Ana Costa 95-1º andar, Vila Mathias.
11060-001 Santos SP. fercockell@yahoo.com.br 2 Universidade Federal de São Carlos. Resumo A pesquisa teve ...





Documentos relacionados