O artigo qualitativo em foco Reportar como inadecuado




O artigo qualitativo em foco - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Debora Diniz ; Romeu Gomes ;Ciência & Saúde Coletiva 2016, 21 8

Autor: Maria Cecília de Souza Minayo

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Ciência & Saúde Coletiva ISSN: 1413-8123 cecilia@claves.fiocruz.br Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva Brasil de Souza Minayo, Maria Cecília; Diniz, Debora; Gomes, Romeu O artigo qualitativo em foco Ciência & Saúde Coletiva, vol.
21, núm.
8, agosto, 2016, p.
2326 Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=63046744002 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto EDITORIAL EDITORIAL 2326 DOI: 10.1590-1413-81232015218.15592016 O artigo qualitativo em foco A Revista Ciência & Saúde Coletiva recebe artigos que utilizam abordagem qualitativa para analisar questões de saúde.
Muitos são recusados.
Neste editorial, compartilhamos nossa experiência como editores e arriscamos algumas dicas aos autores. Esta é uma lista dos problemas mais comuns indicados pelos pareceristas: títulos generalistas para tratar questões específicas.
Resumos incompletos, ou seja, sem apresentar a questão de pesquisa, o percurso desta ou o método, a análise dos dados ou discussão, e as conclusões.
Palavras-chave que não obedecem aos descritores da área.
Introdução sem contextualizar nacional e internacionalmente o tema.
Descrição apenas formal do método sem realçar como a questão é enfrentada, o local de estudo, o universo e os instrumentos de pesquisa, o trabalho em campo e a forma como a análise foi realizada.
Apresentação dos resultados sem se afastar da descrição dos dados empíricos, a não ser por uma categorização formal.
Discussão descritiva e pouco analítica, sem avançar em um diálogo entre dados empíricos e conceitos.
E conclusões que costumam apresentar dois problemas: ou continua...





Documentos relacionados