Nascer na prisão: gestação e parto atrás das grades no brasil Reportar como inadecuado




Nascer na prisão: gestação e parto atrás das grades no brasil - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Barbara Vasques da Silva Ayres ; Ana Paula Esteves-Pereira ; Alexandra Roma Sánchez ; Bernard Larouzé ;Ciência & Saúde Coletiva 2016, 21 7

Autor: Maria do Carmo Leal

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Ciência & Saúde Coletiva ISSN: 1413-8123 cecilia@claves.fiocruz.br Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva Brasil Leal, Maria do Carmo; Vasques da Silva Ayres, Barbara; Esteves-Pereira, Ana Paula; Roma Sánchez, Alexandra; Larouzé, Bernard Nascer na prisão: gestação e parto atrás das grades no Brasil Ciência & Saúde Coletiva, vol.
21, núm.
7, julio, 2016, pp.
2061-2070 Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=63046188008 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto DOI: 10.1590-1413-81232015217.02592016 Birth in prison: pregnancy and birth behind bars in Brazil Maria do Carmo Leal 1 Barbara Vasques da Silva Ayres 1 Ana Paula Esteves-Pereira 1 Alexandra Roma Sánchez 1 Bernard Larouzé 2 Departamento de Epidemiologia e Métodos Quantitativos em Saúde, Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz. 21041-210 Rio de Janeiro RJ Brasil. ducaleal@gmail.com 2 Sorbonne Universités, UPMC Univ Paris 06, INSERM, IPLESP UMRS 1136, Equipe de Recherche en Epidémiologie Sociale, F75012.
Paris, France. 1 Abstract The high vulnerability of incarcerated women is worsened when they are pregnant and give birth during imprisonment.
This article traces the profile of incarcerated women living with their children in female prison units of the capitals and metropolitan regions of Brazil and describes pregnancy and childbirth conditions and healthcare practices while in incarceration.
This study is an analysis of a series of cases resultant from a national census conducted between August 2012 and January 2014.
This analysis included 241 mothers.
Of these, 45% were younger than 25 year...





Documentos relacionados