Realidade e desafios da saúde nas prisões Reportar como inadecuado




Realidade e desafios da saúde nas prisões - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Maria de Carmo Leal ; Bernard Larouzé ;Ciência & Saúde Coletiva 2016, 21 7

Autor: Alexandra Sánchez

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Ciência & Saúde Coletiva ISSN: 1413-8123 cecilia@claves.fiocruz.br Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva Brasil Sánchez, Alexandra; Leal, Maria de Carmo; Larouzé, Bernard Realidade e desafios da saúde nas prisões Ciência & Saúde Coletiva, vol.
21, núm.
7, julio, 2016, p.
1996 Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=63046188001 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto EDITORIAL EDITORIAL 1996 DOI: 10.1590-1413-81232015217.08682016 Realidade e desafios da saúde nas prisões A promoção da saúde na prisão repousa sobre um paradoxo original: o universo carcerário enquanto lugar de privação de liberdade está em contradição com o próprio princípio de educação em saúde: o princípio da autonomia do paciente. Fréderic Le Marcis Os estudos que constituem este número temático mostram que no Brasil, mas também na Costa do Marfim, nos EUA e na França, a efetivação da saúde nas prisões permanece um grande desafio num contexto essencialmente voltado para a segurança.
No Brasil, diante do aumento expressivo (575% entre 1990 e 2014) do número de pessoas presas ( 600.000), a maior parte oriunda de comunidades desfavorecidas, com acesso limitado à saúde, confinadas em prisões insalubres e superlotadas, não causa surpresa que seu estado de saúde seja deplorável e que se encontrem prevalências elevadas de tuberculose, de infecção pelo HIV e de transtornos mentais.
Para enfrentar esta situação, o sistema de saúde prisional é subfinanciado, subequipado, com profissionais desmotivados, utilizando estratégias inadequadas por serem essencialmente prescritivas.
Controlado...





Documentos relacionados