Trabalho educativo do enfermeiro na estratégia saúde da família: dificuldades e perspectivas de mudanças Reportar como inadecuado




Trabalho educativo do enfermeiro na estratégia saúde da família: dificuldades e perspectivas de mudanças - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Maria de Lourdes Denardin Budó ; Sonia Silva Marcon ;Revista da Escola de Enfermagem da USP 2012, 46 3

Autor: Simone Roecker

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=361033317015


Introducción



Red de Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal Sistema de Información Científica Roecker, Simone; Denardin Budó, Maria de Lourdes; Silva Marcon, Sonia Trabalho educativo do enfermeiro na Estratégia Saúde da Família: dificuldades e perspectivas de mudanças Revista da Escola de Enfermagem da USP, vol.
46, núm.
3, junio, 2012, pp.
641-649 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=361033317015 Revista da Escola de Enfermagem da USP, ISSN (Versão impressa): 0080-6234 reeusp@usp.br Universidade de São Paulo Brasil Como citar este artigo Número completo Mais informações do artigo Site da revista www.redalyc.org Projeto acadêmico não lucrativo, desenvolvido pela iniciativa Acesso Aberto The educational work of nurses in the Family Health Strategy: difficulties and perspectives on change Artigo Original Trabalho educativo do enfermeiro na Estratégia Saúde da Família: dificuldades e perspectivas de mudanças* Trabajo educativo del enfermero en la Estrategia Salud de la Familia: dificultades y perspectivas de cambio Simone Roecker1, Maria de Lourdes Denardin Budó2, Sonia Silva Marcon3 resumo Abstract Resumen descritores descriptors descriptores Este estudo objetivou conhecer as dificuldades e perspectivas de mudanças que os enfermeiros identificam no desenvolvimento das ações educativas na Estratégia Saúde da Família (ESF).
Trata-se de uma pesquisa qualitativa descritivo-exploratória.
Os dados foram coletados junto a 20 enfermeiros que atuam na ESF, no âmbito da 10ª Regional de Saúde do Paraná, por meio de entrevistas semiestruturadas, no mês de abril de 2010, as quais foram submetidas à análise de conteúdo.
Os resultados demonstraram que os enfermeiros enfrentam dificuldades no desenvolvimento da educação em saúde junto aos usuários, à equipe, aos gestores e quanto à falta de recursos físicos, materiais e financeiros. Mas, a pa...





Documentos relacionados