Avaliação dos sintomas de ansiedade e depressão em fibromiálgicos Reportar como inadecuado




Avaliação dos sintomas de ansiedade e depressão em fibromiálgicos - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Lucindo José Quintans Junior ; Byanka Porto Fraga ; José Caetano Macieira ; Leonardo Rigoldi Bonjardim ;Revista da Escola de Enfermagem da USP 2012, 46 3

Autor: Emanuella Barros dos Santos

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=361033317008


Introducción



Red de Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal Sistema de Información Científica Barros dos Santos, Emanuella; Quintans Junior, Lucindo José; Porto Fraga, Byanka; Caetano Macieira, José; Rigoldi Bonjardim, Leonardo Avaliação dos sintomas de ansiedade e depressão em fibromiálgicos Revista da Escola de Enfermagem da USP, vol.
46, núm.
3, junio, 2012, pp.
590-596 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=361033317008 Revista da Escola de Enfermagem da USP, ISSN (Versão impressa): 0080-6234 reeusp@usp.br Universidade de São Paulo Brasil Como citar este artigo Número completo Mais informações do artigo Site da revista www.redalyc.org Projeto acadêmico não lucrativo, desenvolvido pela iniciativa Acesso Aberto An evaluation of anxiety and depression symptoms in fibromyalgia Artigo Original Avaliação dos sintomas de ansiedade e depressão em fibromiálgicos Evaluación de los síntomas de ansiedad y depresión en fibromiálgicos Emanuella Barros dos Santos1, Lucindo José Quintans Junior2, Byanka Porto Fraga3, José Caetano Macieira4, Leonardo Rigoldi Bonjardim5 resumo Abstract Resumen descritores descriptors descriptores Este estudo teve como objetivo identificar a frequência de sintomas ansiosos e depressivos verificando a associação entre a ansiedade-traço, sintomas atuais de depressão e ansiedade nos fibromiálgicos. Foram entrevistados 60 sujeitos com diagnóstico de fibromialgia no Ambulatório de Reumatologia da Universidade Federal de Sergipe, entre agosto de 2007 a março de 2008, sendo aplicados dois questionários: Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão (EHAD) e o Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE-T).
A frequência de sintomas depressivos e ansiosos foi, respectivamente, de 50% e 86% para os fibromiálgicos e a média do escore do traço ansioso foi de 59,38.
Detectou-se associação entre a ansiedade-traço e estado...





Documentos relacionados