Análise da narrativa de viktor frankl acerca da experiência dos prisioneiros nos campos de concentração Reportar como inadecuado




Análise da narrativa de viktor frankl acerca da experiência dos prisioneiros nos campos de concentração - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Revista da Abordagem Gestáltica: Phenomenological Studies 2012, XVIII 2

Autor: Thiago Antonio Avellar de Aquino

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=357735517011


Introducción



Revista da Abordagem Gestáltica: Phenomenological Studies ISSN: 1809-6867 revista@itgt.com.br Instituto de Treinamento e Pesquisa em Gestalt Terapia de Goiânia Brasil Avellar de Aquino, Thiago Antonio ANÁLISE DA NARRATIVA DE VIKTOR FRANKL ACERCA DA EXPERIÊNCIA DOS PRISIONEIROS NOS CAMPOS DE CONCENTRAÇÃO Revista da Abordagem Gestáltica: Phenomenological Studies, vol.
XVIII, núm.
2, julio-diciembre, 2012, pp.
206-215 Instituto de Treinamento e Pesquisa em Gestalt Terapia de Goiânia Goiânia, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=357735517011 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Thiago A.
A.
Aquino Análise da narrativa de Viktor Frankl acerca da experiência dos prisioneiros nos campos de concentração Analysis of Viktor Frankl’s Narrative on the Experience of Prisoners in Concentration Camps Análisis de la Narrativa de Viktor Frankl sobre la Experiencia de los Presos en Campos de Concentración Thiago A ntonio Avellar de Aquino Resumo: O objetivo do presente artigo foi identificar a estrutura lexical mais significativa na obra de Viktor Frankl Em busca de sentido: um psicólogo no campo de concentração.
O corpus do texto foi analisado por meio do software ALCESTE (Análise Lexical Contextual de um Conjunto de Segmentos de Texto), um método computacional que se propõe a decompor um texto a fim de obter as estruturas mais significativas.
Os significados encontrados foram divididos em três classes subdivididas em dois eixos: Facticidade e Posicionamento Psicoexistencial dos Prisioneiros.
Por meio dessa análise foi possível identificar as palavras mais características utilizadas por Frankl na sua narrativa acerca da vivência do prisioneiro no campo de concentração.
Os result...





Documentos relacionados