Holzmann, lorena. o trabalho no cinema e uma socióloga na plateia. porto alegre: tomo editorial, 2012, 195p. Reportar como inadecuado




Holzmann, lorena. o trabalho no cinema e uma socióloga na plateia. porto alegre: tomo editorial, 2012, 195p. - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Caderno CRH 2013, 26 67

Autor: José Ricardo Ramalho

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=347632190013


Introducción



Caderno CRH ISSN: 0103-4979 revcrh@ufba.br Universidade Federal da Bahia Brasil Ramalho, José Ricardo Holzmann, Lorena.
O Trabalho no Cinema (e uma socióloga na plateia).
Porto Alegre: Tomo Editorial, 2012, 195p. Caderno CRH, vol.
26, núm.
67, enero-abril, 2013, pp.
193-195 Universidade Federal da Bahia Salvador, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=347632190013 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto José Ricardo Ramalho José Ricardo Ramalho TRABALHO E CINEMA Estudos sobre trabalho no contexto de globalização econômica têm desafiado os sociólogos a aprofundar investigações no sentido de compreender seus novos usos e suas implicações para a vida social.
As situações criadas pelas estratégias de acumulação capitalista das últimas décadas chamam atenção, não apenas pela capacidade de o sistema fazer valer os seus interesses em escala mundial, como, também, pelos efeitos, em geral negativos, que causam aos trabalhadores.
Como explicar as novas configurações e sensibilizar diferentes plateias para as questões do trabalho, que estão presentes no cotidiano da maioria das pessoas, mas cujas demonstrações, em geral, ficam restritas aos textos codificados no discurso científico? Pois é esta lacuna de comunicação que o livro de Lorena Holzmann vem cobrir.
A autora trata, justamente, de discutir o tema trabalho através da linguagem cinematográfica, sugerindo novas abordagens e buscando maior eficácia explicativa e pedagógica para o ensino da sociologia do trabalho. A paixão pelo cinema é uma condição importante para quem se lança por esses caminhos ainda pouco explorados de combinar outras linguagens na análise da realidade social.
Tal exercício de hibridizaç...





Documentos relacionados